Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

12 junho 2023

HISTÓRIA | Coreógrafa pelotense preserva memória do seu avô, autor da estátua do Laçador

Antonella Caringi de Aquino (c), na foto com a coordenadora do Dança Bagé, Anacarla Oliveira e o vice-prefeito Mário Mena Kalil, coreógrafa pelotense, além do trabalho realizado com companhia de dança da cidade, também preserva memória de seu avô, o escultor pelotense Antônio Caringi no Insta (foto Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Encerrado no último domingo, o 19º Dança Bagé teve a presença de várias companhias de dança do interior do Estado na cidade situada na região da Campanha, de quarta a domingo, 7 a 11 de junho. Entre as participantes, uma presença se destacou: a coreógrafa pelotense Antonella Caringi de Aquino, da Academia Corpo & Dança, que não apenas trouxe suas performances, mas também preserva o acervo e a memória do seu avô, o escultor pelotense Antônio Caringi, famoso por suas obras icônicas no Rio Grande do Sul. O trabalho de Antonella traz à tona a importância do resgate histórico e da valorização da cultura regional, elementos essenciais para a preservação da identidade gaúcha e ela conversou com exclusividade para o site Caderno7.

Durante o evento de dança, Antonella Caringi de Aquino prestou uma homenagem especial às pioneiras da dança em Pelotas, sua mãe Antônia e Dicléia Ferreira de Souza, utilizando principalmente o jazz em suas apresentações, que também foram realizadas em Jaguarão. A dança sempre esteve presente na vida de Antonella, cuja mãe foi proprietária de uma escola de dança entre os anos 60 e 2000. Coincidentemente, a mãe de Antonella foi colega de Caren Jensen, atual proprietária da Academia Corpo & Dança, onde Antonella encontrou uma parceira para relembrar os tempos de dança.

Após passar 20 anos fora de Pelotas, Antonella retornou à cidade e reencontrou Caren Jensen, reiniciando a parceria na Academia. O trabalho realizado pela dupla foi premiado em várias categorias no Dança Bagé. Durante o evento, Antonella falou sobre seu trabalho de preservação do legado de seu avô, Antônio Caringi, conhecido por produzir obras emblemáticas, como a estátua do Laçador em Porto Alegre e o busto de Celestino Lopes Cavalheiro em São Gabriel.

Antonella revelou que há quatro anos iniciou um trabalho de resgate das obras do avô, contando com o apoio de pelotenses que residem em Curitiba e de outras pessoas interessadas em preservar a memória artística do escultor. Esse trabalho consiste em escanear e pesquisar as obras existentes pelo Estado, com o objetivo de salvaguardá-las de atos de vandalismo, problema recorrente enfrentado pelas esculturas expostas em locais públicos.

Para divulgar as obras catalogadas pelo interior do Estado, Antonella criou uma conta no Instagram (@escultorantoniocaringi), onde são compartilhadas fotos e informações sobre as obras de Antônio Caringi. Dentre as obras destacadas estão o Laçador, recentemente restaurado em Porto Alegre, e trabalhos presentes em cidades como Veranópolis, Jaguarão, Canguçu, Santana do Livramento, São Gabriel (com o busto do médico Celestino Lopes Cavalheiro) e Pelotas, onde estão localizadas cerca de treze obras do escultor.

A coreógrafa ressaltou que tem realizado parcerias cruciais para a manutenção desse legado, contando com a colaboração de historiadores, estudantes de graduação e pós-graduação, e outras pessoas interessadas em contribuir com materiais e documentações relacionadas às obras de Antônio Caringi. Antonella destacou a importância da cidade de Bagé nesse trabalho, já que foi durante sua convivência com a "Rainha da Fronteira" que o escultor desenvolveu seu interesse pelo regionalismo e pela cultura expressa em suas obras.

Ao finalizar sua participação no evento, Antonella convidou a todos para visitarem sua página no Instagram e compartilharem informações que possam contribuir para a preservação do legado de seu avô. O endereço é instagram.com/escultorantoniocaringi

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 12/06/2023 12h31
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.