Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

17 fevereiro 2023

Caso Gabriel | Pedido de liberdade de réus é negado pela Justiça Militar

Advogados de defesa dos réus tentaram liberdade dos mesmos, mas pedido foi negado pela juíza Viviane Freitas Pereira e o Conselho Disciplinar da Brigada Militar (foto arquivo C7)

Com informações do Diário de Santa Maria

Durante as audiências do Tribunal de Justiça Militar realizadas nesta semana em São Gabriel para apurar o desaparecimento e morte de Gabriel Marques Cavalheiro, os advogados dos três policiais militares que são réus entraram com habeas corpus para libertá-los da prisão, no entanto, a juíza Viviane Freitas Pereira e o Conselho de Disciplina da Brigada Militar negaram o pedido e eles continuam presos.

Com isso, os soldados Cleber Ramos de Lima, Raul Veras Pedroso e o sargento Arleu Cardoso Jacobsen, que estiveram presentes às audiências, seguirão presos no Presídio Militar de Porto Alegre, onde após as mesmas eles foram novamente levados. 

O último dia de audiências teve uma inspeção judicial da barragem do Lavapé, onde o corpo do jovem foi encontrado, atendendo a pedido dos advogados de defesa dos réus que alegaram querer encontrar subsídios que reforçassem supostas inconsistências nas evidências e a oitiva de mais sete testemunhas dos policiais Cléber e Raul. 

RELEMBRE O CASO
Gabriel Marques Cavalheiro, 18 anos, desapareceu por volta da meia-noite do dia 12 de agosto de 2022, no Bairro Independência, em São Gabriel. Segundo o relato de uma moradora, ela teria chamado a Brigada Militar (BM) após o jovem ter forçado a grade da casa dela e tentado entrar no local. Os policiais foram até o endereço, abordaram, algemaram Gabriel e o colocaram no porta-malas da viatura. Depois disso, o jovem não foi mais visto.

O corpo de Gabriel foi encontrado no dia 19 de agosto, em uma barragem na região conhecida como Lavapé, após cinco dias de buscas na cidade. Os três policiais militares que abordaram o jovem foram presos no mesmo dia e encaminhados ao Presídio Militar de Porto Alegre, onde estão presos desde então. O laudo do exame de necropsia apontou que Gabriel morreu devido a uma hemorragia interna na região do pescoço, provocada por uma agressão, e que não haviam indícios de afogamento.

Os soldados Cleber Renato Ramos de Lima e Raul Veras Pedroso e o sargento Arleu Júnior Cardoso Jacbosen são representados pelos advogados Maurício Custódio e Shaianne Lourenço Linhares.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/02/2023 09h26 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.