Feito histórico: escritor gabrielense Rossyr Berny passa a ser membro da Academia Rio-Grandense de Letras, em solenidade realizada na noite de quinta em Porto Alegre (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

São Gabriel confirma sua tradição de "Atenas Rio-Grandense" ao ser berço de vários escritores ilustres como Alcides Maya, Assis Brasil, João Borges Fortes, Jonathas Rego Monteiro, Ptolomeu Assis Brasil, Osorio Santana Figueiredo, entre outros e agora, está presente na Academia Rio-Grandense de Letras com seu primeiro "imortal", o escritor, jornalista, poeta e proprietário da Editora Alcance, Rossyr Berny. A solenidade de posse do gabrielense na Academia foi na noite de quinta (22) no Salão Mourisco da Biblioteca Pública do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.

Solenidade contou com grande público, entre familiares, colegas e grandes nomes da literatura gaúcha

Presidente da ARL, Rafael Ban Jacobsen, entrega o título de membro da Academia para Rossyr

Rossyr assumiu a cadeira 39 da Academia, cujo patrono era Francisco Ricardo e seu último ocupante foi Francisco Pereira Rodrigues. A solenidade teve presença de colegas, familiares e amigos do escritor e poeta, além da esposa, professora Sodê Freitas, com o plenário lotado. O presidente da ARL, Rafael Ban Jacobsen, deu posse na cadeira para Rossyr, além da entrega da medalha feita por Sodê, que simboliza a incursão na Academia.

O paraninfo Airton Ortiz fez a saudação e descreveu a trajetória acadêmica do colega e amigo, desde os tempos de estudos, juventude e a luta para realizar pela cultura em tempos de opressão, além de desenvolver a veia artística. Na sua manifestação, Rossyr relembrou a sua trajetória, a partir de seus pais, Ervandil e Maria, e por meio de suas poesias sensíveis e doces, homenageando familiares, os irmãos, além de falar das situações atuais do mundo e país. Ele também prestou uma homenagem emocionada a sua irmã Andréa, falecida neste ano.

Rossyr agradeceu a todos que lhe prestigiaram e ao carinho da comunidade, assim como dos colegas escritores pela homenagem. "Estou feliz porque é um compromisso grande, representar a Atenas Rio-Grandense, mas vou me empenhar como faço há 45 anos, bem representar a cidade em uma entidade que tem mais de 120 anos, e aproveito para mandar um carinho enorme para a comunidade gabrielense que sempre nos prestigiou", finalizou. Na ocasião, foi oferecido um coquetel e uma sessão de autógrafos e fotos. O prefeito de São Gabriel, Lucas Menezes, enviou ofício parabenizando o poeta pela homenagem. 

A Academia Rio-Grandense de Letras, agraciada pela Academia Brasileira de Letras com a Medalha Machado de Assis, é a Academia de Letras mais tradicional do Rio Grande do Sul, com 120 anos de existência. As suas 40 cadeiras abrigaram ao longo da história nomes de relevo da literatura do Estado.

Confira a cobertura especial do site Caderno7, único órgão de imprensa gabrielense presente com a transmissão da solenidade e as fotos feitas no evento:



* A cobertura teve o patrocínio e apoio da Editora Alcance e dos vereadores Malu Bragança e Kiko Lopes, a quem agradecemos o apoio dado para que este trabalho fosse possível.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 24/09/2022 16h48
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.