Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

14 setembro 2022

Impasse na Urcamp | Alunos protestam contra decisão do Conselho Diretor que deu vitória a Chapa 2

Alunos do campus São Gabriel também fizeram parte da noite de protestos em todos os campi contra a decisão do Conselho Diretor da FAT que mudou o resultado da eleição da Reitoria (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Após a decisão do Conselho Diretor da Fundação Áttila Taborda (FAT), mantenedora do Centro Universitário da Região da Campanha - Urcamp, que acatou o recurso da Chapa 2 relativo ao resultado das eleições para a Reitoria, vencidas pela Chapa 1 e reverteu o resultado, estudantes da instituição protestaram nos campi de Bagé, Alegrete, Livramento e São Gabriel na noite de terça (13). Em nota, o Conselho Diretor afirmou que a decisão foi legal e que dará posse à chapa vencedora. 

Protestos aconteceram inicialmente na frente do Campus III, com apitos e cartazes variados

Protestos deverão se repetir nos próximos dias, prometem manifestantes

Em São Gabriel, estudantes do Campus central, situado na Avenida Antônio Trilha, usando faixas, cartazes, apitos e palavras de ordem, protestaram fortemente contra a decisão do Conselho Diretor. Segundo informações do jornal Extra Classe, o recurso da Chapa 2, que tinha como candidatos a atual reitora Lia Quintana e vice Derly Siqueira, alega que os votos dos alunos deviam ser relativizados já que eles são “clientes” e “passageiros” na instituição. A crise foi levada nesta quarta-feira, 14, ao conhecimento do Ministério Público de Fundações.

Cerca de 30 alunos ficaram na frente do Campus de São Gabriel e logo após, no saguão, protestando contra a decisão. As manifestações prometem continuar nos campi e segundo informações, há ideia de ir até Bagé para realizar uma manifestação geral. Os candidatos da Chapa 1 afirmam que vão recorrer ao Ministério Público de Fundações, vinculado ao Ministério Público e que fiscaliza as fundações de direito privado do Estado. 

Os protestos foram mais intensos em Bagé, com dezenas de alunos tomando o saguão do Campus Central. Em nota, o Conselho Diretor da FAT afirmou que a decisão foi "legal e seguiu os estatutos da instituição" e que dará posse a chapa vencedora, no caso, a Chapa 2, de Lia Quintana e Derly Siqueira. Confira a nota na íntegra:

NOTA OFICIAL DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO ATTILA TABORDA SOBRE AS ELEIÇÕES DA URCAMP
O Conselho Diretor da Fundação Attila Taborda (FAT) comunica que na segunda-feira (12/09), em reunião extraordinária de seus membros, deliberou o recurso interposto pela Chapa 2, referente às eleições para reitoria do Centro Universitário da Região da Campanha (Urcamp), o qual foi deferido.
A decisão, por maioria de votos, deu provimento ao recurso apresentado pela Chapa 2, que contestou o cálculo utilizado pela Comissão Eleitoral designada para o pleito.
Neste momento, com o objetivo de dar conhecimento à população em geral, especialmente aqueles que recebem informações distorcidas em relação às eleições da Urcamp, servimo-nos do presente, para confirmar a Chapa 2, vencedora do pleito, conforme analisado, discutido e deliberado por este Conselho Direitor. Assim, o Conselho Diretor da Fundação Attila Taborda, como instância recursal, assegurou, garantiu e concluiu o direito do contraditório previsto em seu Estatuto.
 O Conselho Diretor da Fundação Attila Taborda como instância finalística na Instituição, dará posse à Chapa vencedora, escolhida através do voto direto dos professores, funcionários e alunos da Urcamp.
Reafirmamos nosso compromisso ético e de senso de justiça, cujas decisões, antes de qualquer coisa, estão afetas à interpretação da norma jurídica, ao bem-estar social de todas as mantidas e as finalidades para as quais a Fundação Attila Taborda foi instituída.
Por fim, reiteiramos que esta decisão teve parâmetro, na íntegra, o Estatuto da Urcamp, sem qualquer alteração prévia, tampouco no cálculo do peso dos votos de cada categoria (professores, funcionários e alunos), e está consoante à decisão tomada pela maioria dos membros eleitos deste Conselho Diretor.
Bagé, 14 de setembro de 2022
Conselho Diretor da Fundação Attila Taborda

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 14/09/2022 18h47
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.