Jornalista Armindo Antônio Ranzolin morreu nesta quarta, aos 84 anos, em decorrência do Alzheimer (foto divulgação)

Morreu no começo da tarde desta quarta-feira, 17 de agosto, o jornalista, radialista e narrador esportivo Armindo Antônio Ranzolin, aos 84 anos. Ele estava hospitalizado desde o começo da semana em Porto Alegre e não resistiu às complicações do mal de Alzheimer, que calou sua voz há muitos anos. 

"Vou sentir muita falta deste abraço. Vai em paz, meu pai. Amor infinito e eterno!", escreveu em suas redes sociais a jornalista e filha Cristina Ranzolin, apresentadora do Jornal do Almoço e que em janeiro, em coluna no jornal Zero Hora, revelou que o pai sofria de Alzheimer. Nascido em 8 de dezembro de 1937 em Caxias do Sul, Ranzolin era formado em Direito pela UFRGS, mas sempre gostou dos microfones.

Começou carreira na Rádio Difusora (hoje Bandeirantes), como narrador e subdiretor. Passou pela Farroupilha e ainda trabalharia na TV Piratini, e em 1969, assumiu como locutor na Guaíba, onde ficou até 1984, quando foi contratado pela Rádio Gaúcha. Esteve em seis Copas do Mundo, entrevistou presidentes, governadores, ministros, artistas, embaixadores, gente comum. Cobriu eleições, tragédias, festas, golpes, entre tantos outros fatos.

Entre as narrações históricas, narrou o tricampeonato brasileiro do Internacional, duas Libertadores e o Mundial do Grêmio, e a conquista do Tetra da Seleção Brasileira, além de apresentar o Gaúcha Atualidade. Se aposentou dos microfones em 2006 e logo após, foi diagnosticado com Alzheimer. Ranzolin deixa a mulher, Yara, os filhos Cristina e Ricardo, os netos Henrique, Manoela e Antônia. 

Em janeiro, a filha Cristina Ranzolin, assumindo rodízio em substituição a David Coimbra, escreveu a coluna "Alô, Amigos", onde revelava o que tinha ocorrido com o pai, que estava recluso devido à doença que "tranca" as pessoas dentro de si em vida.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/08/2022 15h17 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.