Rossyr Berny foi eleito, na última semana, para a Academia Rio-Grandense de Letras (foto divulgação)
 
O escritor, jornalista e poeta gabrielense Rossyr Berny passa a fazer parte do seleto grupo de membros da Academia Rio-Grandense de Letras, em eleição realizada na última quinta-feira (18) pelos integrantes da instituição, para ocupar a cadeira 39, que tem como patrono o escritor Francisco Ricardo. O poeta conversou com o site Caderno7 sobre a eleição. "Ingressar na Academia Rio-Grandense de Letras, em eleição ocorrida neste dia 18 de agosto, é de suma importância para mim, pois temos, nesta entidade, reconhecidos nomes de nosso mundo literário e cultural", afirmou. 

Rossyr disputou a nominata com outros sete escritores e foi eleito com maioria de votos na reunião da diretoria. "De minha parte fico honrado com a eleição para ocupar a Cadeira 39, tendo como Patrono o imorredouro poeta Francisco Ricardo. Do reconhecido corpo acadêmico, sempre contei com a simpatia ao meu sonho de somar-me a todos para trabalhar, sendo mais um trabalhador para o crescimento da literatura como possibilidade de aprimoramento humano. Enfim, também o livro é agente transformador da sociedade. Exemplo de muitos escritores da terra rio-grandense", salientando o exemplo de Alcides Maya (1878-1944) que foi o primeiro gaúcho a ingressar na Academia Brasileira de Letras.

A posse deverá ocorrer no mês de setembro, em data a ser marcada. "Esta sonhada eleição à Academia Rio-Grandense de Letras veio somar-se à comemoração de outros recentes eventos que marcam minha jornada: Os 45 anos de literatura, 1976/2021, trouxeram-me a conquista do Prêmio Açorianos de Literatura e a seleção pelo Governo do Estado/Secretaria de Cultura, para a publicação de toda minha obra literária em um único volume, com 1.400 poemas, para distribuição gratuita às Escolas, Bibliotecas e entidades culturais de todo o Rio Grande do Sul. Projeto premiado com a publicação, intitula-se "Animalizar a Humanidade para curá-la", afirma. 

Finalizando, Rossyr salienta o orgulho de fazer parte da Academia, que tem entre seus imortais, nomes históricos como Roque Callage, Alceu Wamosy, João Simões Lopes Neto, João Cezimbra Jaques e entre os atuais ocupantes, Percival Puggina, Lauro Trevisan, Luiz Coronel, Airton Ortiz, Alcy Cheuiche, entre outros. 

"Enfim, representar a Atenas Rio-Grandense, hoje e sempre com renomados escritores, ingressar nesta consagrada Academia de Letras, representa muita honra e igual compromisso", finalizou.

SAIBA MAIS
Rossyr Berny nasceu em 30 de agosto de 1952. Vive em Porto Alegre desde 1973, onde formou-se em Jornalismo, sendo Mestre em Teoria da Literatura, ambos pela PUCRS; e professor pela Faculdade de Formação de Professores, na São Judas Tadeu. Em 1974 publica seu primeiro texto, inaugurando sua estrada literária. Desde então, soma 22 obras publicadas nos campos da poesia, biografia e romance. Traduziu cinco livros do Espanhol para o Português, obras de Carlos Higgie, Nélida Marina Manfrú e Rubinstein Moreira. Igualmente foi traduzido na Argentina, por Perpétua Flores; no Paraguai, por Victor Casartelli e, no Uruguai, por Rubinstein Moreira. Dentre eles, "O gemido animal do homem", "Homem-Autômato: poemas", "Desuniverso", "O exercício da lágrima" e "Não se suicidar é preciso". Em 1985 fundou a Editora Alcance, uma das que mais pública no Rio Grande do Sul e a que mais publica poesia no Brasil. Editora e diretor têm recebido importantes prêmios nacionais e estrangeiros, como o Jabuti, São Paulo; Carlos Drummond de Andrade, Minas Gerais; Prêmio Raíces, Argentina; Carlos Sabat Ercasty, Uruguai, entre muitos outros. Foi o primeiro patrono da Feira do Livro de São Gabriel e constantemente, está em sua terra natal apoiando projetos culturais e educacionais.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 22/08/2022 12h22
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.