Audiência de custódia dos policiais militares presos pela morte de Gabriel Marques, aconteceu na tarde deste sábado em Santa Maria (foto divulgação/Diário de Santa Maria)

Os três policiais militares - um sargento e dois soldados - investigados pela morte de Gabriel Marques Cavalheiro, 18 anos, em São Gabriel, foram ouvidos na audiência de custódia realizada na Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul, em Santa Maria, na tarde deste sábado, 20 de agosto. O objetivo da audiência era de ter primeiros esclarecimentos para as investigações, que correm em segredo de justiça. Os três policiais continuarão presos e foram transferidos para presídio específico em Porto Alegre.

A juíza Viviane Freitas Pereira, da Auditoria Militar de Santa Maria e que determinou a prisão dos policiais militares investigados pela morte de Gabriel Marques Cavalheiro, 18 anos, informou à imprensa regional que está sendo feita uma investigação inicial, onde vários elementos estão sendo investigados e um documento tradicional, que seria o boletim de atendimento do dia da ocorrência, confirmou-se que foi alterado. 

Os policiais foram levados para Porto Alegre. Os nomes dos policiais não são divulgados por duas questões: o caso corre em segredo de justiça e por determinação da Lei de Abuso de Autoridade, os nomes não são divulgados até que o caso se desenrole completamente na Justiça. Os policiais são investigados pelas consequências da abordagem que resultou na morte de Gabriel Cavalheiro, que desapareceu na noite de sexta-feira, 12 de agosto e após dias de buscas, teve seu corpo encontrado em um açude na localidade do Lavapé, uma semana depois. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 20/08/2022 16h42
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.