A advogada da família de Gabriel Marques Cavalheiro, 18 anos, morto após abordagem de policiais militares, emitiu nota à imprensa sobre os resultados do laudo da necropsia do jovem, divulgado nesta segunda-feira, 29 de agosto, pela Secretaria da Segurança. Rejane Igisk Lopes salientou que se confirmaram suas conclusões, alinhadas com o que foi investigado pela Polícia Civil.

Na nota divulgada no final da tarde de segunda, Rejane afirma que todas as evidências foram confirmadas, diante dos fatos e indícios no crime presentes e que se mantém na posição de representante da família enlutada, aguardando a continuidade das investigações. Confira a nota: 

Nota à imprensa
A advogada da família de Gabriel Marques Cavalheiro, desaparecido na madrugada de 13 de agosto de 2022 e encontrado morto em 19 de agosto de 2022, vem a público esclarecer:
Dada a divulgação do laudo de necropsia elaborado pelo IGP (que atesta a causa da morte do jovem por hemorragia interna devido à lesão na região cervical provocada por objeto contundente), manifesta-se para reiterar as conclusões, até então, alcançadas pela Polícia Civil. 
Nesse sentido, confirma a narrativa adotada no presente caso (homicídio doloso), a qual foi construída, ressalta-se, através da observação do encadeamento dos fatos e dos indícios presentes no evento delituoso. 
Assim, mantém-se na posição de representante da família enlutada para, dentro de suas competências, salvaguardar a continuidade das investigações e o posterior deslinde do caso.
Rejane Igisk Lopes - Advogada da família

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/08/2022 08h51 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.