Proença, que foi deputado e secretário de Estado, morreu neste sábado vítima da covid-19 (foto divulgação)

O ex-deputado e proprietário da Rede Tchê de Comunicação, Nelson Proença, morreu neste sábado (19) aos 71 anos, em São Paulo, em decorrência de problemas de saúde agravados pela covid-19. Ele foi cremado neste domingo no no Cemitério Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, em São Paulo.

Proença, que vinha se dedicando à carreira empresarial desde que deixou a política, era formado em Administração de Empresas pela PUCRS, com especialização em condução e gerência de problemas públicos no International Institute for Public Affairs, de Washington, nos Estados Unidos. Ele teve uma carreira política exitosa, onde foi deputado federal por cinco mandatos consecutivos, de 1991 a 2011. 

Foi subsecretário de Assuntos Comunitários da Presidência da República no governo de José Sarney entre 1986 a 1990. Durante o mandato, ele se licenciou várias vezes para ocupar cargos no Piratini. Ele se elegeu pelo PMDB, e foi secretário do governo de Antônio Britto, de 1995 a 1999. Em 2001, ele deixou o PMDB e foi para o PPS, atual Cidadania. 

Foi também secretário de Desenvolvimento e Assuntos Internacionais no início da gestão do governo Yeda Crusius (2007-2010). Na comunicação, administrava junto com a esposa Maria Luiza a Rede Tchê de Comunicações, que tem entre suas rádios, a Rádio São Gabriel. 

Em São Gabriel, fez boas votações e tinha em um de seus aliados, o amigo Evaristo de Oliveira, que também lhe apoiava nas eleições disputadas e atendia muitas reivindicações e emendas parlamentares para o município. Deixa a esposa e três filhos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/06/2022 22h27 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.