Caroline Chagas Jobim, 28 anos, realizou curso de armeira e se tornou a primeira mulher a se qualificar para a função na história da Brigada Militar (foto arquivo pessoal)

A policial militar Caroline Chagas Jobim, 28 anos, natural de São Gabriel, conquistou um feito histórico para ela e a Brigada Militar do Rio Grande do Sul. Desde o final de maio, ela está habilitada para montar e desmontar armamentos, durante manutenções e reparos, tornando-se a primeira armeira mulher da história da corporação. Ela realizou um curso que foi concluído em maio numa fabricante de armas em São Leopoldo. A informação foi dada pelo portal GZH, que entrevistou a jovem.

A oportunidade surgiu quando o chefe do Centro de Material Bélico da Brigada, Major Marcelo Nogueira, ofereceu vagas para o curso e ela aceitou, se dedicando ao mesmo com 40 horas, onde ela aprendeu como montar e desmontar os armamentos de diferentes tipos de calubres, assim como entender de todos os equipamentos usados pela BM, como pistolas, carabinas, espingardas e fuzis. Ela teve dedicação e realiza a função com louvor e ao pesquisar, o comando do CMB descobriu que ela é a primeira armeira da história da BM.

Integrante da BM desde 2016, Caroline escolheu a carreira por influência familiar, onde o pai, Clesio Onir Munhoz Jobim é 2º Sargento da corporação em São Gabriel e inclusive, ela fez uma surpresa no Dia dos Pais de 2020, onde foi até a cidade e tirou um dia de serviço ao lado dele, onde ambos foram homenageados. E novamente, o pai foi pego de surpresa com esta qualificação da filha, um orgulho para a BM e para os gabrielenses. 

Fonte: GZH

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/06/2022 22h45 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.