Moradores tiveram de construir uma pinguela no local, para poder passar medicamentos e alimentos (fotos divulgação)

Para cobrar o Governo do Estado e demais autoridades para que tomem uma providência para reconstruir a ponte do Pedroso, moradores dos assentamentos existentes na região, principalmente o Conquista do Caiboaté, tomaram uma decisão nesta quarta (4) de construir uma pinguela (ponte estreita) onde antes existia a ponte de madeira. 

Segundo os assentados que contataram a reportagem, a construção da pinguela foi necessária para a passagem de medicamentos e alimentos para os assentamentos, pois a rota alternativa usada que é pelo corredor da Reúna, aumenta ainda mais o tempo de trânsito em cerca de 50 quilômetros e os custos, já bastante altos na atualidade.

Os assentados ainda cobram o Governo do Estado para que reconstrua a ponte imediatamente, assim como a Prefeitura para que agilize junto ao Exército uma solução provisória. "Vamos ficar nessa situação até quando? Não podemos esperar, Deus nos livre vidas dependerem disso", protestou uma assentada que pediu para não se identificar.

A ponte do Pedroso foi levada pelas enchentes causadas pelas chuvas do começo desta semana, devido ao fato do rio Vacacaí ter aumentado seu nível de forma que a ponte e a estrada ficaram encobertas, o que foi constatado somente no sábado, 30 de abril, quando as águas baixaram. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 04/05/2022 18h36
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.