Jornalista do Grupo RBS morreu na manhã desta sexta, aos 60 anos, de câncer (foto arquivo pessoal)

Morreu na manhã desta sexta-feira (27), aos 60 anos, o jornalista e cronista do Grupo RBS, David Coimbra, em virtude de um câncer que vinha se agravando no último ano. Ele estava hospitalizado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, nos últimos dias e sua morte foi anunciada no programa de rádio que apresentou nos últimos anos, o TimeLine da Rádio Gaúcha, por volta das 10h30. 

Há dez anos, ele descobriu um câncer em um dos rins, que chegou a ser extirpado e passou por um tratamento experimental nos Estados Unidos, chegando a residir em Boston, de onde apresentava o programa diariamente com Kelly Matos e Luciano Potter. Porém, no último ano, um novo câncer surgiu e veio se agravar nas últimas semanas, onde ele precisou ter licença médica do trabalho.

Segundo o portal Coletiva.net, David graduou-se como jornalista na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Durante a faculdade, trabalhou como assessor de imprensa da Livraria e Editora Sulina, redigindo resenhas de livros, entrevistando autores e acompanhando escritores em suas visitas ao Rio Grande do Sul. Passou por mais de 10 redações no Sul do Brasil, entre elas: Correio do Povo, Diário Catarinense, Jornal da Manhã (Criciúma), Jornal NH, Jornal de Santa Catarina, rádio Eldorado (SC), rádio Guaíba e RCE TV (SC). 

É autor dos romances 'Canibais - paixão e morte na Rua do Arvoredo' (2004) e 'Jô na estrada' (2010), dos livros de ensaios históricos 'Jogo de damas' (2007) e 'Uma história do mundo' (2012), das coletâneas de crônicas 'Mulheres!' (2005) e 'Um trem para a Suíça' (2011), entre outros. A última obra foi o livro 'Hoje eu venci o câncer' (2018), em que David relatou como descobriu a doença e quais métodos o ajudaram no tratamento.

Ele chegou a voltar a escrever colunas para GZH nos últimos dias, sendo em 16 de maio a última coluna publicada. Suas opiniões dividiam as opiniões dos leitores e ouvintes. Nas redes sociais, colegas, ouvintes, leitores e autoridades expressaram seu pesar pela morte do jornalista que agora entra para a história. Deixa a esposa Márcia e o filho Bernardo, 14 anos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 27/05/2022 10h50
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.