Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

16 março 2022

Eleições 2022 | Lula tem 44% e Bolsonaro, 26%; Ciro e Moro, 7% na Pesquisa Quaest/Genial

Nova pesquisa divulgada pela CNN nesta quarta, 16 de março, a 200 dias da eleição, apresenta Lula ainda na liderança com 44% e Bolsonaro diminuindo vantagem, com 26% (fotos divulgação)

Nesta quarta-feira (16), foi divulgada mais uma pesquisa de intenções de voto das eleições presidenciais de 2022 pela CNN, feita pela Quaest/Genial. A 200 dias do primeiro turno das eleições, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança com 44% das intenções de voto no primeiro turno, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) com 26%. Depois, aparecem os candidatos Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos), com 7% das menções, empatados.

No cenário com o maior número de candidatos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), figura com 2% das intenções de voto, mesmo percentual do deputado federal André Janones (Avante). Já Simone Tebet (MDB) registrou 1%, mesmo percentual do governador gaúcho Eduardo Leite, que teria que sair do PSDB para ser candidato. Felipe d’Avila (Novo) foi citado, mas não chegou a 1% das menções.

Além disso, 6% dos entrevistados afirmaram que votariam em branco/nulo ou não iriam votar. Outros 4% se declararam indecisos. No cenário estimulado para o segundo turno, o ex-presidente Lula segue vencendo todos os concorrentes. Lula teria 54% ante 32% de Bolsonaro, 53% ante 26% de Moro, 51% ante 23% de Ciro, 56% ante 15% de João Doria, e 57% ante 15% de Eduardo Leite.

A pesquisa ainda avaliou o Governo Bolsonaro, considerado negativo por 49% dos entrevistados, enquanto que 25% o consideram regular e 24% positivo. A pesquisa Quaest/Genial fez 2 mil entrevistas presenciais com eleitores entre 10 e 13 de março. A margem de erro é de dois pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%. Ela foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número BR-06693/2022, em 10 de março e pode ser vista completa clicando aqui.

Veja os cenários de 1º turno testados:

Cenário I
Lula (PT) – 44%
Jair Bolsonaro (PL) – 26%
Sergio Moro (Podemos) – 7%
Ciro Gomes (PDT) – 7%
João Doria (PSDB) – 2%
André Janones (Avante) – 2%
Simone Tebet (MDB) – 1%
Felipe d’Avila (Novo) – 0%
Branco/nulo/não vai votar – 6%
Indecisos – 5%

Cenário II
Lula (PT) – 45%
Jair Bolsonaro (PL) – 25%
Ciro Gomes (PDT) – 7%
Sergio Moro (Podemos) – 6%
João Doria (PSDB) – 2%
André Janones (Avante) – 2%
Simone Tebet (MDB) – 1%
Eduardo Leite (PSDB) – 1%
Felipe d’Avila (Novo) – 0%
Branco/nulo/não vai votar – 6%
Indecisos – 4%

Cenário III
Lula (PT) – 48%
Jair Bolsonaro (PL) – 28%
Ciro Gomes (PDT) – 8%
Eduardo Leite (PSDB) – 3%
Branco/nulo/não vai votar – 8%
Indecisos – 4%

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 16/03/2022 10h33
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.