Local que é a sede das entidades tradicionalistas de São Gabriel foi trancado a cadeado pelo locador da área; Justiça determinou reintegração de posse para a Prefeitura (foto arquivo C7)

No olho do furacão de um impasse, o Parque Tradicionalista Rincão das Carretas teve sua reintegração de posse determinada no final da noite de quarta (16), pela Justiça de São Gabriel. A Prefeitura ingressou com liminar contra o locador da área, Otávio Vargas, que em dez dias deverá desocupar o local voluntariamente. Otávio tinha trancado o Parque com cadeados e colocado placas emitindo posse do local.

A decisão foi expedida pela Juíza da 1ª Vara Cível, Paula Yoshino Valério. A questão já tinha se repetido diversas vezes, mas nesta atual, a situação se manifestava de forma mais grave, onde o locador havia posto placas renomeando o local e afirmando que "era propriedade sua". Havia uma informação de que a área estaria vendida para um empresário do ramo imobiliário, o que foi negado pela família proprietária da área e que o parque foi trancado por conta de que havia uma negociação de renovação do aluguel da mesma para a Prefeitura e que se não houvesse um acordo, a área poderia ser arrendada para outros fins.

A patroa da Coordenadoria Tradicionalista Municipal, Catia Cavalheiro, vê a situação com preocupação, além das demais entidades e considerou que o tradicionalismo e a cultura são os maiores prejudicados neste impasse. "É triste esta situação, porque até hoje, ainda temos um parque alugado, em uma cidade tão gaúcha como São Gabriel, mas que ainda não tem uma casa própria para os tradicionalistas, com várias casas culturais de segmentos, entidades que nos ajudam muito, mas que nessa hora ficamos amarrados e tememos pelo futuro do Parque", lamentou. 

Após a expedição da decisão, a Prefeitura se pronunciou. O procurador jurídico do Município, Valdemir “Tita” Jobim, ressalta que a decisão judicial demonstra que a posição de legalidade do Poder Executivo estava amplamente respaldada por um contrato assinado em 2009, com vigência de 20 anos.   

Já para o secretário municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Rogério Melo, a sentença significa o encerramento de uma questão. “Tudo se encaminha da melhor forma quando se busca como objetivo o bem comum do nosso povo, da nossa cultura e da nossa gente. Seguiremos construindo tudo na base do diálogo com todos, e dessa forma fica claro o que já tínhamos dito para a comunidade, de que não há risco algum de o Parque Tradicionalista da nossa cidade ser fechado ou suspenso”, assinalou. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/02/2022 15h12
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.