A criação do novo partido União Brasil, resultado da fusão entre o Democratas e o PSL, deverá gerar uma debandada da nova legenda em São Gabriel, mas por enquanto, terá representação no Legislativo gabrielense. A reportagem sondou e a maior parte dos filiados que antes pertenciam ao Democratas, não deverão ficar no novo partido e deverão acompanhar o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, ao PL. 

Ladislê afirmou que filiados não concordam com a fusão e deixarão o União Brasil. Destino pode ser o PL, para acompanhar Onyx Lorenzoni (foto arquivo pessoal)

O site Caderno7 ouviu o presidente do Democratas, Ladislê Teixeira, o vereador do partido Raniere Moreira e o vice-prefeito Lucas Menezes, do PSL, a respeito de movimentações sobre a permanência ou não na nova legenda. Ladislê foi enfático ao dizer que não vai permanecer no novo partido e deverá, junto com mais filiados, sair da legenda. "Nós não iremos acatar essa fusão que termina com um partido tradicional como o Democratas e vamos sair, acompanhando o ministro Onyx e o deputado Eric Lins, que também discorda dessa decisão. Vamos perder o comando nacional, nosso tradicional número (25) e até deixar de apoiar o presidente da República com essa fusão que discordamos", afirmou.

Ladislê disse que este é o entendimento dos filiados para sair do Democratas, que virará União Brasil. "Só estamos aguardando o ministro Onyx e o deputado Eric assinarem ficha no PL para podermos fazer esta migração. Pode ter alguém que queira continuar, mas não iremos fazer parte da nova sigla", afirmou. 

Raniere Moreira disse que lamenta fim do Democratas, mas não cogita deixar o novo partido por enquanto (foto arquivo pessoal)

O vereador Raniere Moreira, que representa o Democratas no Legislativo gabrielense, afirmou que não decidirá nada ainda sobre sair ou não do UB, mas lamenta o fim do Democratas. "Fico muito triste com o fim de um partido tão tradicional como o Democratas, que me acolheu e tenho um carinho muito grande. Fica o meu agradecimento ao diretório municipal e a todos os filiados que nos ajudaram e nos ensinaram a fazer política", afirmando que por enquanto, ficará no União Brasil. 

Pelo lado do PSL, o vice-prefeito Lucas Menezes, principal liderança da legenda no município, estava em viagem à Porto Alegre mas afirmou que aguardará os desdobramentos e o posicionamento do novo partido, ainda dizendo à reportagem que na próxima semana, se manifestará a respeito. 

O União Brasil resultou da fusão entre o PSL e o Democratas, e utilizará o número 44, que era do PRP. O Democratas foi o sucessor do Partido da Frente Liberal (PFL), fundado em 1985 e que mudou de nome em 2007. Em São Gabriel, teve como principal nome por muitos anos, o ex-prefeito Balbo Teixeira. Pelo lado do PSL, o partido ficou conhecido com a eleição do presidente da República, Jair Bolsonaro, além de eleger muitos deputados e senadores pelo País. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 10/02/2022 16h55
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.