Escritor Olavo de Carvalho morreu nesta madrugada aos 74 anos, nos Estados Unidos (foto divulgação)

Morreu na madrugada desta terça-feira (25) aos 74 anos, o escritor, polemista, filósofo, influenciador e astrólogo Olavo de Carvalho, que foi considerado o guru do presidente Jair Bolsonaro (PL), do bolsonarismo e conservadorismo. A causa da morte ainda não foi informada, mas o escritor, que residia em Richmond, nos Estados Unidos, teria sido infectado com o coronavírus, que negava em muitas de suas críticas nas redes sociais.

Olavo dizia que "ninguém tinha morrido da pandemia", era antivacina e que tudo era "conspiração comunista", o que gerava muitas críticas. Também era fumante inveterado. Escreveu mais de 30 livros. Olavo deixou a esposa Roxane, oito filhos e 18 netos. Muitos de seus admiradores lamentaram a perda.  

O presidente Bolsonaro lamentou a morte do pensador nas redes sociais, dizendo que era um "grande pensador" e que ele foi "um gigante na luta pela liberdade e um farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre", afirmou em postagem. Ele não tinha formação acadêmica.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 25/01/2022 09h19
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.