Pague seu IPTU 2022 com desconto até 10 de fevereiro - Prefeitura de São Gabriel

Vestibular Permanente Urcamp - SEJA PROTAGONISTA DA SUA VIDA - INSCREVA-SE AQUI

Ecoestudos Inteligência Ambiental - Buscando um mundo mais sustentável

Dental SG - A clínica odontológica da família gabrielense

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

CauzzoMais - seu acesso inteligente à saúde e a uma vida mais completa

Para tudo que o verão pede, Sicredi

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

01 dezembro 2021

Caso Kiss | Júri começa nesta quarta em Porto Alegre

Após nove anos, começa o júri dos acusados da tragédia na Boate Kiss, ocorrida em 2013 em Santa Maria; júri é em Porto Alegre (foto divulgação/Kiss: que não se repita)

Após nove anos, começa um dos júris mais esperados no Rio Grande do Sul e o que deve ser o maior da história do Judiciário gaúcho. Os quatro acusados pela tragédia da Boate Kiss, ocorrida em 27 de janeiro de 2013 em Santa Maria, irão a julgamento a partir desta quarta-feira (1º) no Foro Central de Porto Alegre. O júri deve durar até duas semanas, pela previsão inicial. 

Os réus Elisandro Spohr (Kiko), Mauro Hoffmann (ex-sócios da boate), Luciano Bonilha Leão (produtor da banda Gurizada Fandangueira) e Marcelo Jesus dos Santos (músico da banda) irão a júri popular que deve durar de dez a quinze dias, incluindo sábados e domingos. Eles serão julgados por 242 mortes e mais de 636 tentativas de homicídio no incêndio da boate que ocorria durante festa de cursos da UFSM - na tragédia, morreram oito jovens gabrielenses.

Uma sala no 2º andar do Foro Central foi preparada para o julgamento. Entre os recursos, a acusação usará uma reprodução virtual da boate para mostrar as circunstâncias que favoreceram a tragédia e o grande número de feridos, como falta de saídas de emergência adequadas, extintores e outros dispositivos de segurança. 

O julgamento terá as etapas de sorteio dos jurados para o conselho de sentença nesta manhã e os depoimentos começarão a partir das 13h. Vítimas, testemunhas de acusação e defesa e os réus serão interrogados, além dos debates de acusação e defesa. Após estas etapas, os jurados, se estiverem prontos para decidir, se reunirão na sala secreta para votar a sentença dos réus. Será exigido passaporte vacinal de todos que quiserem acompanhar o júri, que será transmitido ao vivo pela internet, pelo canal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul no YouTube. 

O tribunal do júri
* Juiz: Orlando Faccini Neto, titular do 2º Juizado da 1ª Vara do * Júri da Comarca de Porto Alegre
* Local: plenário do 2º andar do Foro Central I, em Porto Alegre
* Duração: previsão de se estender por, aproximadamente, duas semanas
O julgamento começa nesta quarta-feira (1º) e prosseguirá diariamente até o seu término, incluindo sessões aos finais de semana. A previsão é de início sempre às 9h, com intervalo para almoço e, depois, continuidade dos trabalhos até as 23h. É previsto intervalo para lanche/janta. 

O Ministério Público
Órgão de acusação será representado por dois promotores de Justiça designados para o júri:
* Lúcia Helena Callegari: iniciou a carreira de promotora em 1998 e, até hoje, participou de mais de mil júris. Entre eles, alguns notórios, como o do julgamento dos assassinos do ex-secretário de Saúde e ex-vice-prefeito de Porto Alegre Eliseu Santos e o de Ricardo Neis, que atropelou um grupo de ciclistas na capital gaúcha
* David Medina da Silva: promotor desde 1996. Foi presidente da Fundação Escola Superior do Ministério Público entre 2013 e 2019. A partir de 2021, passou a atuar na promotoria de Justiça criminal de Porto Alegre 
* Assistente de acusação: advogado Pedro Barcellos, que representa a Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM)

Os réus    
Quatro homens irão a julgamento no caso Kiss. Eles respondem por homicídio simples, com dolo eventual, quando se assume o risco de matar, contabilizados da seguinte forma: 242 vezes consumado, proporcional ao número de mortes, e 636 tentativas, em referência ao quantitativo de feridos. 
* Elissandro Callegaro Spohr (Kiko), sócio da Kiss. Sua defesa será feita pelos advogados Jader Marques e Leonardo Sagrillo Santiago
* Mauro Londero Hoffmann, sócio da Kiss. Sua defesa será feita pelos advogados Mario Luis Lirio Cipriani, Bruno Seligman de Menezes, Adriano Farias Puerari e Diego da Rosa Garcia
* Marcelo de Jesus dos Santos, vocalista da banda Gurizada Fandangueira. Sua defesa será feita pela advogada Tatiana Vizzotto Borsa
* Luciano Bonilha Leão, produtor de palco da banda Gurizada Fandangueira. Sua defesa será feita pelos advogados Jean de Menezes Severo, Gustavo da Costa Nagelstein, Tomás Antônio Gonzaga, Filipe Decio Trelles e Martin Mustschall Gross 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 01/12/2021 08h12
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.