Se a pandemia te atrapalhou, o REFIS te regulariza! Prefeitura de São Gabriel

Assine 200 mega por 99,00 e leve mais 30 mega por 1 pila! CLIQUE AQUI

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Clínica Imuniza - Muito mais do que vacinar, cuidar do seu bem estar - CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

Faça seu cartão Cauzzo e tenha os melhores profissionais para sua saúde

O Sicredi Essência faz mais por você!

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

29 julho 2021

Agressão em quartel do Exército em São Gabriel repercute na imprensa estadual

Agressão de soldado em quartel de São Gabriel repercutiu na imprensa estadual, em canais de TV como o SBT e Record (na foto/divulgação)

Nesta quarta-feira (28) a agressão sofrida por um jovem de 18 anos em um quartel do Exército nos últimos dias repercutiu na imprensa estadual. A avó do jovem se manifestou confirmando as agressões por meio dos chamados "pacotes", que eram dados pelos chamados militares graduados como forma de "recepção" ao novo soldado, no 6º Batalhão de Engenharia de Combate.

Os canais SBT e Record Porto Alegre trouxeram sobre o fato em seus telejornais na terça e quarta-feira, 27 e 28 de julho. A avó do jovem, que preferiu não se identificar, relatou que descobriu as agressões após olhar o celular do neto com os vídeos e as ameaças que teriam sido dadas por outros militares que promoveram as agressões. Em entrevista à UP TV, a mãe do jovem disse que não quer que ele retorne ao Exército, pois teme que ele sofra represálias pela denúncia da agressão. Os militares envolvidos nas agressões seguem trabalhando, informaram os canais. 

Ele está afastado do Exército por licença médica e psicológica por 30 dias. O Comando do 6º Batalhão de Engenharia de Combate e o Comando Militar do Sul informam que instauraram inquérito policial militar (IPM) para investigar o caso e estão dando auxílio para a família. O caso repercutiu em demais órgãos de imprensa estadual e gerou debate sobre os chamados "trotes" para receber novos recrutas, considerados uma prática ultrapassada e antissocial. 

Espera-se que haja uma punição exemplar e que não se repitam estas práticas. Lembramos também que não são todos que pensam desta forma e que acabam comprometendo a imagem e credibilidade do Exército Brasileiro.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 29/07/2021 14h51 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.