24 março 2021

Uruguai fecha free shops e demais locais até 12 de abril para barrar avanço da covid-19

Governo uruguaio decretou fechamento de várias atividades, entre elas os free shops, até 12 de abril; Avenida Sarandi, em Rivera, amanheceu deserta na manhã desta quarta (foto reprodução/Sentinela 24h)

A Presidência do Uruguai anunciou um fechamento geral de vários setores para impedir o avanço do coronavírus no país vizinho a partir desta quarta-feira (24). O presidente Luis Lacalle Pou anunciou que free shops, aulas presenciais, esportes e eventos na fronteira estão suspensos até 12 de abril, entre eles, os free shops de Rivera, que registra mais de 1100 casos ativos de covid-19. 

O Uruguai, que chegou a ter poucos registros e era considerado modelo, teve explosão de casos nos últimos dias. As medidas anunciadas por Lacalle Pou são de fechamento das aulas presenciais, fechamento de clubes, ginásios e locais para prática de esporte amador, suspensão de eventos e espetáculos públicos, além do fechamento das termas de Salto e Paysandú e dos free shops em todas as cidades da fronteira com o Brasil, incluindo Rivera, Aceguá, Rio Branco e Chuy. 

Em Rivera, a Avenida Sarandi, onde ficam os principais free shops, ficou vazia nesta primeira manhã de contingenciamento. Alguns ônibus de excursões estão no município e foram surpreendidos com o fechamento das lojas - mesmo com a pandemia, o movimento de excursões não diminuiu, o que também pode ter colaborado para o inchaço de casos no município uruguaio, que faz divisa com Santana do Livramento. A medida vai até 12 de abril.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações de El Pais e Sentinela 24H
Data: 24/03/2021 09h46
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.