31 julho 2020

"Chaves" sai do ar na televisão brasileira após 36 anos

Após 36 anos, seriados Chaves e Chapolin saem do ar na TV brasileira e mundial, por conta de impasse em direitos autorais entre Televisa e família de Roberto Bolaños, criador dos personagens (foto divulgação Televisa)
Uma decisão motivada por direitos de imagem tira um dos seriados mais populares e queridos da televisão brasileira, após 36 anos. Os seriados mexicanos de comédia "Chaves" e "Chapolin", exibidos pelo SBT e também pelo Multishow, deverão sair do ar neste sábado, 1º de agosto. O motivo da decisão é um impasse em negociações entre a Televisa, rede mexicana e o Grupo Chespirito, dono dos direitos autorais, de imagem e histórias.

A emissora de Sílvio Santos divulgou nota, explicando que houve uma notificação por parte da Televisa de que há um “problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias”. “A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível”, destaca a nota.

Chaves também deixou a programação do Multishow neste mês. O canal pago fez chamadas na programação e realizou uma maratona com os melhores episódios desde o dia 20 de julho. nas o mais rápido possível”, diz a emissora. A série era exibida no Brasil desde 1984 – quando iniciou justamente no SBT.

Informações dão conta que os problemas estariam relacionados com a sucessão de Roberto Bolaños, criador e ator que interpretava Chaves. Há uma hipótese (não confirmada ainda) de que haveria o interesse de disponibilizar o acervo para um serviço de streaming, como a Netflix - a Televisa tentou um serviço próprio, que não deu certo e foi encerrado.

Além do SBT e Multishow, que encerra nesta sexta-feira a exibição, a Amazon Prime também retirou os episódios de seu catálogo. A decisão repercute nas redes sociais, com lamentações e protestos dos fãs em todo mundo, principalmente no Brasil. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações do SBT e Televisa 
Data: 31/07/2020 20h50 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.