06 julho 2020

Câmara de Vereadores de São Gabriel realiza homenagem pelos 50 anos do Incra

Poder Legislativo entregou Voto de Congratulações ao Superintendente do INCRA no RS, Tarso Teixeira, pelos 50 anos da instituição (foto Felipe Oliveira/Comunicação Câmara de Vereadores)
A Câmara de Vereadores de São Gabriel homenageou os 50 anos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), por meio de Voto de Congratulações entregue ao Superintendente do Instituto no Rio Grande do Sul, Tarso Teixeira. A proposição, do vereador Adão Santana (PTB) foi aprovada por unanimidade pelos vereadores e entregue na sessão desta segunda-feira, 6 de julho. O superintendente se fez acompanhar do presidente do Sindicato Rural de São Gabriel, Marco Aurélio Cunha, e o presidente da Cooperativa de Apicultores do Pampa Gaúcho (Cooapampa), Aldo Machado dos Santos, além do assessor parlamentar Lisandro Teixeira Cavalheiro, do gabinete do deputado estadual Thiago Duarte (DEM).

O proponente da matéria, vereador Adão Santana, ressaltou o papel do Incra no planejamento e ordenamento do espaço agrário brasileiro, como indutor de transformações sociais no campo, e elogiou a atual gestão do instituto por tornar prioridade a regularização fundiária e a titulação definitiva das famílias dos assentamentos e das comunidades quilombolas. "O doutor Tarso Teixeira, cuja competência já era conhecida dos gabrielenses, empresta seu conhecimento profundo da vida do campo ao Instituto responsável por pensar as soluções para a questão agrária, e isso é algo que nós gabrielenses devemos nos orgulhar", ressaltou.

O superintendente agradeceu a homenagem prestada pelo Legislativo de sua cidade, e enfatizou as ações já empreendidas em um ano de gestão regional, como a destinação de Entrega de 68 títulos definitivos em Santa Bárbara do Sul e Não Me Toque, início das obras de instalação de luz elétrica no Assentamento Conquista das Missões em São Borja, além da viabilização de R$ 2,5 milhões para obras em estradas vicinais em Bagé, Candiota, Herval, Julio de Castilhos, Pedro Osório, Rosário do Sul e São Gabriel.

Também foram empreendidos outros R$ 800 mil para o Projeto Aquaponia em Eldorado do Sul, mais de 800 vistorias ocupacionais em todo o Estado, R$ 750 mil para ações de enfrentamento à estiagem em Candiota, Jóia, Hulha Negra, Herval, São Gabriel, Santana do Livramento, Piratini e Tupanciretã, e diversas outras ações.

"Em 49 anos de existência, o Incra entregou 308 títulos de lotes apenas, para um passivo de 12 mil famílias. Nos próximos 30 dias teremos mais 94 títulos do Assentamento Santa Helena, município de São Miguel das Missões, 56 títulos do Assentamento Itapuí Meridional, município de Nova Santa Rita, 25 títulos do Assentamento Sepé Tiarajú, em Capão do Cipó, e 43 títulos do Assentamento Santa Rita, em Capão do Cipó, totalizando 218 títulos, além de estarmos trabalhando para viabilizar o acesso de mais de 150 comunidades quilombolas do RS aos créditos do Incra", referiu Teixeira. "Ao longo de toda minha vida, sempre fui um defensor do Direito à Propriedade. No governo do presidente Bolsonaro, estamos tendo a oportunidade de garantir esse direito também às famílias assentadas", ressaltou.

Reportagem: Felipe Oliveira/Comunicação Legislativo
Data: 06/07/2020 19h54 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.