06 julho 2020

Coronavírus: Bagé decreta novas medidas restritivas para impedir avanço da covid-19

Prefeito de Bagé, Divaldo Lara, emitiu novo decreto restringindo circulação de pessoas na cidade para evitar a propagação do coronavírus (foto reprodução/Facebook Prefeitura de Bagé)
Bagé - A Prefeitura de Bagé anunciou no final da manhã desta segunda-feira (6), novas medidas restritivas devido à elevação do risco de covid-19 - coronavírus, para bandeira laranja e também ao aumento de casos do vírus e episódios em que a comunidade não está compreendendo o respeito às normas de distanciamento social. Entre elas, um novo toque de recolher das 22 às 6h, fechamento de templos religiosos por 10 dias, entre outros, de acordo com o decreto emitido pelo Prefeito Divaldo Lara.

As medidas rigorosas se justificam por vários motivos: entre eles, a resistência ao cumprimento de determinações que impedem aglomerações - que resultaram em ovos sendo atirados nas equipes de fiscalização no final de semana, na Avenida Sete de Setembro, no Centro da cidade  - e também eventos ilegais, como um aniversário de um paciente de 70 anos que recebeu várias pessoas de fora e acabou infectado com o coronavírus, além de vários familiares.

Entre os destaques, está o limite para circulação noturna, inclusive de veículos, que passa a ser até às 22h. Além disso, o último horário do transporte coletivo passa a ser às 21h30. Os mercados também terão novo horário para fechamento, até às 21h. Praças também serão fechadas nos finais de semana, entre sexta e domingo. Sobre as igrejas, os cultos foram proibidos por 10 dias e quem descumprir, está sujeito à multa, interdição e cassação do alvará do espaço. "Vamos ter que tomar estas medidas e se não adiantar, vamos fechar o comércio, fechar tudo e fazer lockdown", sentenciou Lara, bastante desgostoso com os fatos e que se não adiantar, a Prefeitura vai fechar todo o comércio em Bagé.

O chefe do Executivo salientou que poderá ser dada voz de prisão, com previsão de recolhimento e multa, para quem descumprir as regras. “A cidade está em risco”, justificou. O prefeito destacou, também, que Bagé tem medicamentos para 15 dias e máscaras para sete dias. “Pedimos compreensão dos bajeenses, para que não haja a propagação”, finaliza.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/07/2020 16h58
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.