19 maio 2020

Rosarienses querem permanência do Capitão Siqueira na BM

Rosarienses pedem permanência do comandante da BM local, Capitão Siqueira, que teria saída pedida pela Prefeitura, que nega acusações (foto arquivo C7)
Uma polêmica está acontecendo em Rosário do Sul e mais uma vez é relacionada à política. Rosarienses inconformados estão se manifestando nas redes sociais e realizando protestos pacíficos nos últimos dias na Praça Borges de Medeiros pela permanência do Comandante da Brigada Militar na cidade, Capitão Magno Siqueira. A informação é que a Prefeita Zilase Rossignolo estaria querendo a saída do militar por discordâncias na questão de controle na pandemia, o que foi negado pelo Executivo.



Além disso, o movimento que pede a permanência de Siqueira também protesta por um aumento da taxa de IPTU e coleta de lixo que estaria sendo abusiva nesta época de pandemia. Dois protestos foram feitos na Praça Borges de Medeiros por cidadãos que pedem a permanência de Siqueira, também responsável pelo comando do policiamento em São Gabriel.

Segundo informações vindas de postagens na rede social Facebook, discussões entre CCs e o comandante da BM teriam ocorrido na questão de cumprir as restrições e o distanciamento, com trocas de acusações. Multas por problemas em veículos que estariam irregulares também jogaram mais "lenha na fogueira", e recentemente, o jornalista Fábio Perez, conhecido como "Bocão", relatou que a Prefeita estaria pedindo a saída de Siqueira pelas críticas e cobranças. O oficial ainda também fez críticas a problemas em licitações, o que estaria sendo investigado na CPI do Lixo, realizada pela Câmara de Vereadores da cidade.

A reportagem do site buscou ouvir as partes. O Capitão Siqueira informou que não se manifestará no momento. Pela Prefeitura de Rosário, o assessor de imprensa Ériko Klein falou com a reportagem na manhã desta terça-feira e falou que "não há nenhum protocolo por parte da prefeitura com relação a questão, o município não encaminhou nenhum pedido de para a Secretaria de Segurança do Estado", afirmou.


Klein ainda disse que a "administração não tem nada a esconder e dever, todos os todos os trâmites administrativos são passados de maneira transparente e podem ser acompanhados por qualquer cidadão, agora lamentamos a exploração política diante de suposições, e  outra, se por ventura o governo do estado por ventura vier a fazer algo desta natureza com qualquer servidor estadual é um ato discricionário dele", finalizou. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 19/05/2020 17h11 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.