Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Prefeitura de Bagé retoma toque de recolher

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Agora em São Gabriel, preço e qualidade no mesmo lugar - Posto JP Santa Lúcia

Chega de pagar caro na conta de luz - Vá de Ecotec Energy

La Belle - Para mulheres de bom gosto

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel Previna-se com o Fisk - Wash your hands

Ichthus Sabores - Seu mais novo delivery em São Gabriel

Promoção Urbano 60 anos - 1 milhão em prêmios

Compre no Comércio local - Uma campanha CDL e ACI São Gabriel

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Sicredi Pampa Gaúcho - proteja-se de golpes

Studio H de Mana, em novo endereço

Chiabotto Lanches - a nova opção de lanches para a comunidade gabrielense

Prefeitura de Bagé retoma toque de recolher

Prefeito de Bagé, Divaldo Lara e Secretário da Saúde, Mário Mena Kalil, anunciaram medidas mais rigorosas para conter aglomerações em Bagé, que desandaram no final de semana (reprodução Facebook Prefeitura de Bagé)
Por causa das aglomerações registradas no final de semana em Bagé, resultando ainda na morte de um jovem de 23 anos em uma briga no Centro da cidade, a Prefeitura decidiu adotas medidas mais drásticas. O anúncio foi feito pelo pelo prefeito, Divaldo Lara, e pelo secretário de Saúde do município, Mário Mena Kalil, em live no Facebook, no final da manhã desta segunda-feira (18), conforme informado pela página Em Pauta Bagé, do jornalista Emanuel Müller.



Entre elas, a retomada do toque de recolher a partir das 22h; o fechamento dos "rotas" (espécie de plantões) de de bebidas alcóolicas totalmente por 10 dias; a proibição de consumo de bebida alcoólica em espaços públicos no município de Bagé; a redução de horário de bares e restaurantes até 22h, com atendimento em delivery até meia-noite; proibição de aglomerações em frente à praças e restaurantes; promoção de festas em reuniões agora é crime.

A partir de agora, a Polícia Civil, Brigada Militar e Vigilância em Saúde irão atuar para, inclusive, prender em flagrante quem estiver promovendo esse tipo de ação. A fiscalização estará reforçada, com postura mais firme e vai multar tanto pessoas quanto empresas que permitirem aglomerações.

Divaldo falou também que a Vigilância em Saúde poderá fechar igrejas no município, com número de fieis acima do permitido, serão fechadas. "Independente de religião, obedeça as regras do Decreto, porque valem para todos", afirmou Divaldo. As igrejas podem ser interditadas se houver registro de aglomerações.

Mário Mena também confirmou a realização de uma reunião no Ministério Público, onde serão levadas as novas medidas. "Não podemos mais aceitar que poucas pessoas, por irresponsabilidade, coloquem em risco todo o trabalho de uma equipe que envolve Prefeitura, Exército e outras instituições, colocando em risco a saúde da população", afirmou o prefeito.


Nas redes sociais, várias fotos e vídeos mostraram aglomerações nas ruas de Bagé, principalmente a Avenida Sete de Setembro, no Centro da cidade, assim como reuniões que viraram festas particulares e geraram reclamações de moradores, que acionaram a Brigada Militar. Segundo informações da página de notícias em live no sábado, uma das reuniões realizadas na noite de sexta-feira teria virado  uma festa, trazendo grande público no Bairro Alto da Santa Casa e quando a BM chegou, foi um "Deus nos acuda", com pessoas escapando para não serem pegas, comprovando a transgressão às determinações para prevenção ao COVID-19. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 18/05/2020 15h15 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: