Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Polêmica no MTG: Justiça suspende posse de Elenir Winck

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Colégio Perpétuo Socorro contra o coronavírus

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Polêmica no MTG: Justiça suspende posse de Elenir Winck

Elenir, na foto com os integrantes do Conselho Diretor do MTG, tomaria posse neste domingo mas liminar judicial suspendeu ato em virtude de dúvidas na interpretação de artigo que prevê o desempate no resultado
A posse de Elenir Winck, marcada para este domingo (12), final do 68° Congresso Tradicionalista Gaúcho em Lajeado, acabou não acontecendo. Isso porque a defesa da candidata Gilda Galeazzi entrou com liminar na Justiça de Lajeado, deferida pela juíza plantonista Carmem Luiza Rosa Constante Bargouti que suspendeu a eleição ocorrida no sábado.


O pleito terminou empatado em 530 votos para cada candidata. Segundo o Artigo 127 do Regulamento Geral do MTG, em caso de empate seria vencedora a candidata mais idosa, no caso Gilda, que tem 65 anos contra 61 de Elenir. Mas a Comissão Eleitoral teria tomado a decisão baseada na coletânea do MTG, que alegaria que o que é eleito no Movimento o Conselho Diretor ao invés de  um nome; por esta orientação, Elenir foi declarada vencedora por que possuiria um candidato ao Conselho com 77 anos.

O regulamento do MTG determina que, em caso de empate, será considerada eleita a chapa com o candidato mais idoso. Como critério de desempate, a comissão eleitoral da Assembleia Geral Eletiva do 68º Congresso Tradicionalista do MTG analisou a idade de todos os integrantes das chapas. Como o suplente do conselho da chapa de Elenir, Wilson Barbosa de Oliveira, tem 77 anos, ela foi declarada vencedora.

A decisão foi emitida enquanto Elenir conversava com integrantes do Conselho Diretor, pegando a todos de surpresa. Enquanto não houver decisão judicial que determine o que ocorrerá, Nairo Callegaro segue na presidência do MTG. Além de entrar para história por ter duas mulheres concorrendo, a eleição também fica marcada por uma grande polêmica e dúvida na interpretação do artigo de desempate. Vamos aguardar.
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: