Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Professores e alunos juntos na greve, que tem 90% de adesão em São Gabriel

Dias 31/01, 1º e 2/02 - 2ª Festa da Cordeira e 1º Cordeiraço da Canção Nativa em Santa Margarida do Sul - prestigie!

Dia 1º de fevereiro, 9º Baile de Integração das Comunidades do Interior, nas Pontas do Salso

22-02-2020 Prestigie o Carnaval da Despertar, na Seven! Baile com Tudo di Bom. Clique aqui para mais info

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Dotto Advocacia - Cível, criminal, trabalhista, trânsito - clique aqui para entrar no site

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Pague o IPTU 2020 em São Gabriel e tenha descontos até 10 de fevereiro!

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Inscreva-se no Valor S do Sicredi Pampa Gaúcho

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Professores e alunos juntos na greve, que tem 90% de adesão em São Gabriel

Alunos do turno da manhã da Escola Celestino paralisaram as atividades em apoio aos professores que estão em greve, nesta terça-feira, 26 de novembro
Enquanto professores estão em Porto Alegre participando de mais uma assembleia do Cpers/Sindicato, os alunos manifestam em sua maioria, apoio ao movimento que busca a reversão do pacote que o Governo Estadual pretende e que motiva a greve do Magistério, os alunos fazem a sua parte apoiando os professores nessa. Na manhã desta terça-feira (26), alunos do turno da manhã da Escola Estadual Celestino Cavalheiro paralisaram as atividades em apoio aos professores.





Cartazes expressaram o total apoio dos alunos aos educadores
Cartazes de protesto e balões pretos foram colocados na frente da Escola, mesmo com a chuva. Segundo uma das organizadoras, a aluna Emyllene Martins, os alunos estão sensibilizados com os professores e acham injusto o tratamento que a educação vem recebendo. "Ainda estamos tendo aulas com os contratados, mas paramos nossas atividades hoje e isso se repetirá semanalmente, até o Governo mudar de ideia e a greve terminar", explicou.


Na última sexta, foi a vez da Escola Estadual Sueni Goulart dos Santos realizar mobilização na Praça Ecológica

Professores entregaram panfletos explicando os motivos da greve e os riscos que a educação pública corre
As mobilizações seguem nos últimos dias, com uma semana de greve. As escolas que aderiram estão realizando mobilizações pulverizadas pela comunidade. Na última semana, a Escola Estadual Sueni Goulart realizou uma mateada e uma panfletagem na Praça Ramiro Meneghello (Ecológica) para chamar a atenção da comunidade sobre o problema que aflige a educação pública gaúcha. Ao contrário do que disseram que a greve "estava fraca" por certamente ouvir só o lado do Governo gaúcho, houve equívocos, pois a adesão é de 90% em São Gabriel.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 26/11/2019 17h55 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: