16 agosto 2019

Educação gabrielense perde o "Professor Ná"

Professor José Itacolomi Chaves Vaz, conhecido como Ná, faleceu nesta sexta-feira (foto arquivo pessoal)
Uma notícia triste para a Educação gabrielense nesta sexta-feira, 16 de agosto. Morreu na tarde de hoje o professor José Itacolomi Chaves Vaz, mais conhecido como "Ná". Ele era o atual diretor de prédio do complexo Ginásio São Gabriel (Escolas Ginásio e Técnica) e também foi vice-diretor da Escola Técnica Municipal.




O professor Itacolomi também era desportista atuante, tendo participado por várias vezes do Campeonato Brasileiro do Ginásio São Gabriel por muitos anos. Foi professor ainda de disciplinas do Curso Técnico de Contabilidade. O velório está sendo realizado na Capela Nobre da Funerária Santa Rita e o sepultamento ocorrerá na manhã deste sábado, 17 de agosto, a partir das 9 horas. À família, nossos mais sinceros sentimentos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 16/08/2019 16h55
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui, mas deixamos claro uma coisa. Não vamos tolerar bandalheiras e bagunça no blog, por que somos favoráveis ao debate, mas com respeito e educação:
- Identifique-se na hora de postar o comentário;
- Ofensas e xingamentos contra outras pessoas ou à direção do blog, não serão tolerados, além de ser passíveis de ações judiciais, com identificação dos responsáveis;
- Ao escrever, pense que o blog é seu. E que você pode ser acionado judicialmente pelos comentários;
- Não "ponha palavras" na boca dos outros, por que não vai passar;
- Quer deixar endereços web, use o cadastro na hora de comentar;
- CAIXA ALTA, erros de português ou outros semelhantes, nem pensar! Aqui não é local de gente que não está preparada para dar opinião, muito menos bagunceiros ou arruaceiros.
- O comentário tem que ser relacionado a postagem, do contrário, não será considerado.
- Denúncias de qualquer natureza, tem que ser feitas diretamente às autoridades, com a Brigada Militar pelo 190 e a Polícia Civil pelo 3232-6166.