Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Começa o período experimental do Estacionamento Rotativo em São Gabriel

Casa do Sofá, agora em novo endereço! Confira!

Dia 05-12 - Grande Festa Final de Ano com Sandro e Cícero, na Seven - Realização RW Saúde dos Cabelos e Lú Couros

Inauguração da filial Porto Lanches na quinta, 10 de outubro

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Matrículas abertas no Colégio Perpétuo Socorro para 2020!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Poupança? É Sim, Sicredi - Aproveite para fazer a diferença em sua vida financeira

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Começa o período experimental do Estacionamento Rotativo em São Gabriel

Estacionamento rotativo em São Gabriel iniciou sua fase experimental nesta quarta-feira e entrará oficialmente em operação no dia 2 de maio. Saiba como utilizar o rotativo e sua área de operação
Começou nesta quarta-feira, 17 de abril, o período experimental do Estacionamento Rotativo em São Gabriel, onde por durante quinze dias, a comunidade aprenderá a utilizar o sistema que tem como concessionária a Rek Parking. Segundo a empresa, a Área Azul compreende 974 vagas em 11 ruas do centro, onde o tempo máximo de permanência em cada espaço é de duas horas, garantindo a alternância entre os motoristas ao longo do dia. A criação da Área Azul também ampliou o número de vagas reservadas para idosos e pessoas com necessidades especiais (PNE).



Ao estacionar em um dos espaços que fazem parte da área, o motorista deve adquirir um tíquete de estacionamento correspondente ao tempo que ficará na vaga, entre 30 minutos e duas horas. Para isso, o usuário tem diferentes opções: pode procurar um dos 31 parquímetros de autoatendimento, que aceitam pagamento em moedas, cartão pré-pago Rek Parking ou cartões de débito e crédito das bandeiras Master, Visa e Elo. Também é possível adquirir os tíquetes em dinheiro, em uma das 10 lojas conveniadas espalhadas pelas ruas centrais da cidade ou na sede da Rek Parking. Em todas as alternativas, é necessário informar a placa do veículo e, por isso, o condutor não precisa retornar ao carro para fixar o tíquete no vidro, basta guardá-lo consigo.

Mapa com a área de atuação do estacionamento rotativo em São Gabriel, com os parquímetros e os pontos de venda dos cartões (foto divulgação)
Para ter ainda mais praticidade na nova rotina, o motorista pode instalar o aplicativo Rek Pay em seu smartphone, disponível para download para Android e iOS. Pelo aplicativo, o usuário paga o estacionamento em cartão de crédito, débito ou boleto bancário. Além disso, quando o tempo de permanência da vaga está terminando, o programa emite um alerta, e o motorista pode renovar o tempo de onde estiver, sem ter de retornar ao carro nesse período. Outra vantagem é que o aplicativo informa o número de vagas disponíveis em cada quarteirão, possibilitando o planejamento da melhor rota antes de sair de casa.

A Área Azul foi criada pela Lei Municipal número 3.835, de 19 de junho de 2017. A prestação do serviço é de responsabilidade da Rek Parking, empresa que já está em 17 outros municípios e reservou para São Gabriel as últimas inovações tecnológicas do serviço.

Durante duas semanas, os monitores darão orientações e informações aos condutores, e as notificações serão educativas, sem gerar multa. A partir de 2 de maio, todo o sistema estará em pleno funcionamento. Assim, o motorista que não adquirir o tíquete recebe, no vidro do carro, uma notificação de tolerância, para que regularize sua situação em até 10 minutos. Se isso não for feito, outra notificação é emitida, e o condutor tem dois dias úteis para pagar o valor de R$ 16. O pagamento pode ser feito nos mesmos canais de venda dos tíquetes: Rek Pay, parquímetro, lojas conveniadas e sede da Rek Parking.

Caso contrário, fica sujeito à penalidade prevista no Código Brasileiro de Trânsito, que é multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira de habilitação. Desrespeitar a sinalização da via é infração grave.

COMO USAR O ESTACIONAMENTO ROTATIVO
Aplicativo para smartphone - Rek Pay
Para emitir um tíquete para estacionar na Área Azul o modo mais cômodo é através do Rek Pay. Seu uso é simples e deve seguir os seguintes passos. O motorista deve entrar na loja virtual compatível (iOS ou Android) com o seu smartphone e baixá-lo de forma gratuita. Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, o motorista deverá preencher um cadastro com informações básicas. Após o cadastro, coloca-se créditos na conta que será utilizada para pagar o estacionamento, como um cartão pré-pago, mas digital. A compra pode ser feita por meio de cartão de crédito, débito e boleto bancário. Concluída as etapas anteriores, o motorista estará apto a pagar o seu estacionamento com toda as facilidades que o Rek Pay possui.

Basta selecionar, no próprio celular, o tempo de permanência na vaga, podendo renovar esse período a longa distância. Além disso, o Rek Pay indica onde tem vaga disponível na rua que o condutor pretende estacionar. Assim, é possível planejar o melhor trajeto ao sair de casa, em vez de ter de rodar até encontrar um lugar. Além disso, evita o uso de tíquetes impressos já que a localização do veículo é registrada e transmitida remotamente.

Parquímetro
Além do Rek Pay, o motorista pode utilizar o rotativo dirigindo-se a uma das 31 máquinas de autoatendimento (parquímetro) espalhadas nas ruas da região central e seguir as instruções de uso na tela e na estrutura do parquímetro. Seguindo todas as orientações, informa a placa do veículo, define o tempo e seleciona a forma de pagamento que pode ser através do cartão débito e crédito das bandeiras Visa, Mastercard e ELO, ou cartão recarregável da Rek Parking (com valores de crédito de R$ 1 a R$ 150) ou moedas (0,05 – 0,10 – 0,25 – 0,50 – 1,00) que devem ser inseridas diretamente na máquina. Quando finalizar o autoatendimento, o parquímetro emite um tíquete com o tempo pago. Esse bilhete pode ser colocado de forma visível no interior do veículo, próximo ao pára-brisa, ou o condutor pode guardá-lo consigo. Nos primeiros 15 dias de funcionamento do sistema, monitores vão intensificar a orientação e tirar as dúvidas dos condutores para facilitar o manuseio das máquinas de parquímetros.

Lojas conveniadas
Os estabelecimentos comerciais conveniados estarão aptos a emitir tíquetes de tempo, regularizar tarifas de pós-utilização, vender e carregar os cartões pré-pagos no valor desejado pelo usuário. Nesses locais, o pagamento é em dinheiro. Veja a lista de lojas conveniadas abaixo:
Carmen Móveis (Casabem)
Cine e Café
Confraria da Linguiça
Drogaria Cidade (3 unidades)
Empório Natural
Guedes Barbosa
Visual Ótica
Loja Tyane (substitui a Ótica Ricardo, que não faz mais parte do convênio)

Sede da Rek Parking
A sede da empresa terá como prioridade sanar todas as dúvidas dos usuários quanto aos procedimentos realizados no estacionamento rotativo. É o local onde são bem-vindas críticas e sugestões que melhorem nossos serviços junto ao usuário. Assim como os parceiros comerciantes, ofertaremos tíquetes de tempo, recarga e venda de cartões além da regularização das tarifas de pós-utilização.

FISCALIZAÇÃO
Quando o condutor não adquire o tíquete de estacionamento ou quando o prazo que foi pago expira, o motorista recebe notificações, que são colocadas no pára-brisa do veículo. O motorista tem até dois dias úteis para pagar o aviso nas lojas conveniadas, aplicativo Rek Pay, parquímetros ou ainda na sede da empresa (Rua Cel. Tristão Pinto, 346) e assim regularizar sua situação junto ao sistema.

Quando o motorista é flagrado estacionado na Zona Azul sem o devido pagamento, estrá sujeito a receber uma penalidade prevista no CTB, artigo 181, inciso XVII – “estacionar em desacordo com o regulamentado¨, cujo o valor é de R$ 195,23 acrescidos de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.


Para que o motorista não seja diretamente penalizado os monitores da concessionaria emitirão dois alertas aos motoristas infratores. O primeiro, chamado tolerância, indica que o motorista tem 10 minutos para regularizar a sua situação e o segundo, chamado de Tarifa de Pós-Utilização, concede um prazo de até dois dias úteis para o motorista regularizar sua situação mediante o pagamento de uma tarifa de R$ 16.

Reportagem: Marcelo Ribeiro, com informações da Tempórea Comunicação Empresarial 
Data: 17/04/2019 15h59
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: