Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Núcleo local do CPERS realiza plenária sobre Reforma da Previdência

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

19 de janeiro, Vestibular Unopar 2019. Inscreva-se!

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Assembleia Sicredi - site Caderno7

Núcleo local do CPERS realiza plenária sobre Reforma da Previdência

Plenária do CPERS aconteceu na Câmara de Vereadores, no final da tarde de quinta-feira e tratou sobre a reforma da Previdência e as consequências que ela pode trazer aos trabalhadores, que terão de ter mais tempo de serviço para se aposentar
Na quinta-feira, 14 de março, o 41º Núcleo do CPERS/Sindicato realizou mais uma plenária para associados e a comunidade em geral, para alertar sobre prejuízos que a Reforma da Previdência pode causar aos brasileiros. O evento contou com a presença da presidente estadual do Sindicato, professora Helenir Aguiar Schürer, além de professores e alunos das escolas estaduais, no Plenário da Câmara de Vereadores.


Bom público compareceu ao evento realizado no plenário da Câmara

Pedro destacou os danos que a reforma pode trazer aos trabalhadores brasileiros e aos educadores

Encontro teve presença da presidente estadual, Helenir Aguiar
O presidente do Núcleo, professor Pedro Moacir Moreira, salienta que a Reforma proposta pelo Governo Federal coloca em risco os direitos de todos os trabalhadores. "A reforma, além de colocar em risco nossos direitos, retira integralidade e paridade, além do contribuinte ter que trabalhar mais tempo para poder se aposentar. É como se tu pagasse um carro, e quando está feliz por estar quitando o pagamento, a empresa avisa que tu precisa pagar mais trinta parcelas", explicou.

Assessor jurídico do CPERS, Dejair Aires, explicou sobre o que é a reforma e suas consequências

Ele apresentou números que segundo ele, provam que a Previdência tem superávit e não necessitaria desta reforma
Os esclarecimentos técnicos foram dados pelo assessor jurídico do Sindicato, Dejair Aires, que alertou sobre os prejuízos que podem ser causados. "Essa reforma acima de tudo, é causada para retardar e até mesmo inviabilizar a aposentadoria, se quem requer o benefício não vier a falecer durante o processo", afirmando ainda que o déficit da Previdência é "fraude" e ela tem superávit que desobrigaria a necessidade de realizar esta reforma.

Em todas as plenárias é apresentada uma análise geral sobre as regras previstas na proposta de reforma da previdência. Para a análise de casos individuais, o Sindicato orienta aos seus associados a acompanharem a agenda da assessoria jurídica em seus núcleos.

Acompanhados da assessoria jurídica do Sindicato, os dirigentes alertaram a categoria sobre as consequências da reforma da previdência proposta por Bolsonaro e ressaltaram a importância de discutir a pauta salarial e a fundamental participação de todos professores e funcionários de escola na Assembleia Geral e Popular, que ocorre dia 12 de abril, às 13h30, na Casa do Gaúcho, em Porto Alegre. O presidente do 41º Núcleo agradeceu a todos que compareceram à plenária. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 15/03/2019 08h43
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: