Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Enchente em São Gabriel: decretada situação de emergência

Acompanhe nossa cobertura sobre a guerra ao coronavírus

Para matar sua fome, pede uma Baita Pizza em São Gabriel! Clique aqui e saiba mais!

Supermercado Bromberger - O gigante dos preços baixos em São Gabriel!

Participe da promoção "De Malas Prontas" da Dismabe Superauto e ganhe um vale-viagem!

Dia 22 de março - Dia Mundial da Água

Conheça o novo endereço da Pohlmann Móveis em Madeira e Decoração

Se inscreva no Vestibular de Verão da Urcamp - provas com agendamento diário

Hospede-se na Rede de Hotéis Suárez, um hotel sempre perto de você! CLIQUE AQUI PRA FAZER SUA RESERVA

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Matricule-se no Fisk e ganhe um presente!

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

Previna-se contra o novo coronavírus - Prefeitura de São Gabriel

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Se proteja do Coronavírus com as dicas do Sicredi

Studio H de Mana, em novo endereço

Enchente em São Gabriel: decretada situação de emergência

Reunião com Defesa Civil Estadual definiu decreto na manhã desta sexta-feira (foto Comunicação Social Prefeitura)
O prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves, decretou situação de emergência no município em virtude das enchentes que inundaram vários bairros e deixaram a Estação de Tratamento de água da cidade submersa. Uma reunião realizada nesta sexta-feira, 11 de janeiro, definiu pela assinatura do decreto.


Após mais de 400 mm de precipitação num intervalo de 72 horas, as cheias do Rio Vacacaí atingiram 140 residências, num total de 600 pessoas desalojadas, que foram recebidas em casas de familiares ou no abrigo provisório instalado no Ginásio de Esportes da Escola Menino Jesus – CAIC. Por conta da inundação na estação de tratamento, a concessionária São Gabriel Saneamento desligou os motores de bombeamento e suspendeu o abastecimento em toda a cidade.

Caminhões-pipa da empresa estão fornecendo água exclusivamente para a Santa Casa de Caridade e asilos. Para as máquinas da estação de tratamento começarem a ser limpas e voltarem a operar, é preciso que as águas cedam mais um metro no mínimo. Em vídeo divulgado no Facebook, o Prefeito afirmou que tudo o que podia ser feito, foi realizado.

Uma rede de solidariedade se formou através da Secretaria Municipal de Assistência Social, juntamente com empresas, órgãos de imprensa, emissoras de rádio, igrejas e voluntários, com doações de mantimentos e entrega de água potável. O telefone da Defesa Civil Municipal é (55) 99688-5026 e do Plantão Social da Secretaria de Assistência é (55) 99610-9037.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 11/01/2019 18h10
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: