Caderno7 - O site de notícias da Metade Sul: Direito, Política e Poder

Expointer 2019: confira nosso site e garanta as melhores tarifas nos Hotéis Suárez! CLIQUE AQUI

Prestigie em 10 de agosto, o Jantar-baile em homenagem aos pais no CTG Lenços Brancos do Bom Fim, com o cantor Baitaca

Vem aí o 2º Carnaval de Inverno do Bloco Sucessagem de Rosário do Sul - garanta sua camiseta!

De 17 a 21 de julho, vem aí mais um Ofertaço Grazziotin

UNOPAR é a sua escolha para o futuro

Em breve, inscrições Bolsas 2020 no Colégio Perpétuo Socorro. Saiba como participar!

Conheça a Use Odontologia, agora em São Gabriel

Faça inglês e espanhol no Fisk - matrículas abertas

Aproveite as promoções da CVC em São Gabriel!

Inaugura nesta quinta em São Gabriel Lojão dos 10 Reais

Tchê Burger - Vai um tchê aí? Seu novo delivery de lanches em São Gabriel

Garupa São Gabriel - Tá aqui do lado

More com conforto no Hotel Obino de São Gabriel. Saiba mais!

Renegocie suas dívidas judiciais com a Prefeitura com o REFIS Judicial

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Máquina de cartões Sicredi - a máquina que vem com um parceiro de negócios

Dra. Namiriane Müller Leal - Cirurgiã-dentista

Dra. Marcele Camponogara - Odontologia e Estética

Studio H de Mana, venha conhecer

Expointer 2019: confira nosso site e garanta as melhores tarifas nos Hotéis Suárez! CLIQUE AQUI

Direito, Política e Poder

Edgar de Medeiros Pinto
Colunista do blog

NUNCA É TARDE PARA RECORDAR: ´O LEGADO DEIXADO PELA COPA DO MUNDO E JOGOS OLÍMPICOS!´
Nunca é tarde para recordar do que realmente se trataram as maiores festas dos esportes mundiais no Brasil como a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. Todos nós fomos influenciados severamente com tal feito, seja em Brasília, São Paulo, ou aqui em São Gabriel. Pois bem, isto nem a própria mídia noticiou (claro tinha sua própria conveniência financeira), mas se somássemos o ínvestido´ chegaria a barreira dos R$ 70 bilhões de reais. Imaginem, se por um acaso 1/100 desse valor viesse para nosso Município? Certamente estaria ao menos em uma situação mais confortável para a comunidade.



Utilizo este termo do ´nunca é tarde para recordar´, pois sabía-se que mesmo o país necessitando de outras prioridades, tais como investimentos em políticas públicas nos setores sociais como na Educação, Saúde, Segurança, e tantos outros, que se encontram defasados, sucateados, arruinados, pelas péssimas gestões que vivenciamos dia após dia, não haveriia assim, a necessidade de se promover o ´Panis et Circvs´ Romano, o antigo pão e circo, onde a sociedade sofria na época do Império Romano com fome, pestes, meios precários de sobrevivência e o Imperador empreagava o artifício da diversão para ´domar´a atenção da antes raivosa plebe. O interesse pessoal, sobrepôs ao da coletividade. Muitos se promoveram com tais eventos, BNDES, pobre BNDES, saqueado pela corrupção, pelos desvios, assim como tantas outras fundações e autarquias que são utilizadas para o mesmo feito: promover a corrupção.

Nós, como seres contemporâneos, não somos Roma, muito menos a antiga plebe, isto prova uma vez mais a auto-suficiência que o povo brasileiro possui, em promover a riqueza, porém administrada nas mãos de bandidos, que somente se propuseram a gozar de suas artimanhas e ensejos pessoais de promover luxos, enquanto nosso povo sofre. Sofre com a alta de tributos, com as filas no Sistema Único de Saúde, sofre ao ver filhos e futuros da pátria serem flagelados pela falta de segurança, sofre em presenciar os problemas sociais crescerem em uma velocidade desenfreada, sofre com o atraso originado pela corrupção.

Estamos intimamente revoltados com tudo isso, mas está em nossa consciência, como seres humanos brasileiros, gaúchos e gabrielenses, ao darmos um basta e ao menos estancar esta sangria abominável que assola a sociedade em si. Enterrando cada vez mais uma Constituição Federal que muitos já a consideram ineficaz devido a tais acontecimentos e em total desrespeito aos direitos e garantias fundamentais do povo. Mais uma vez repito, apenas um sujeito possui o verdadeiro poder de mudança, o cidadão.

Não é justo, testemunharmos cada vez mais conflitos de justiça social, e sem ao menos haver a produção de uma resposta satisfatória. Já escutei várias vezes: Ah mas isso sempre foi assim! Então caros leitores, está na hora de revolucionar e mudar, já ultrapassou dos limites. O povo não pode e nem deve ser mais a parte hipossuficiente e fraca da relação de poder com o Estado.

Excelente Março a todos, e muito grato desde sempre ao prestígio e reconhecimento concedido à produção de Direito, Política e Poder.

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: