Vem para o Natal da Tottal Casa & Conforto

Vem aí o Reveillon Gaudério no CTG Querência Xucra, com animação de Os Serranos, 29 de dezembro

Invista no primeiro shopping center de São Gabriel

Confira os novos cursos na Unopar São Gabriel

Colabore para uma cidade limpa - Jogue Limpo com a sua Cidade

Conheça a página da Cauzzo São Gabriel no Facebook

Anúncio Sicredi novo

Rádio RBC FM - A emissora da comunidade

Chega de pagar caro na sua conta de luz. Ecotec Energy

Vem aí a Festa de Natal do EC Real, em 19 de dezembro

Polícia Civil de São Gabriel de olho na "Baleia Azul"

Polícia Civil orienta pais a cuidarem comportamento dos filhos e buscarem diálogo para evitar casos da "Baleia Azul" (foto arquivo C7)
Município não registrou casos, mas Polícia Civil está alerta e passa recomendações aos pais

Nos últimos meses, uma preocupação tem chamado a atenção das autoridades policiais no País, que é a prática do chamado "Jogo da Baleia Azul", onde crianças e adolescentes são induzidos a realizar tarefas traumáticas que culminam em ferimentos, sofrimento e o fim da própria vida. Em São Gabriel, não foram registrados casos até o momento, mas a Polícia Civil está antenada na situação e repassando orientações para que os pais fiquem atentos ao comportamento dos filhos, de acordo com o Delegado de Polícia José Soares Bastos.



Bastos afirma que até o momento, não houve registros do caso em São Gabriel, mas alerta aos pais e familiares para que possam cuidar o comportamento dos filhos. "Alertamos que os pais possam sim, verificar o que seus filhos andam fazendo na internet, principalmente Facebook e Whatsapp, pois pelo que estamos sabendo das notícias que são repassadas, muitas tarefas são passadas durante a madrugada. Além disso, é importante que possam cuidar mudanças de comportamento em seus filhos", alerta.

Mesmo com a ausência de casos até o momento em São Gabriel, não é motivo para tranquilidade; a Polícia está atenta, independente de registro ou não e o Delegado chama os pais para que dialoguem com os filhos. "Reforçamos, observem o que seus filhos possam estar fazendo na internet, principalmente nas redes sociais, assim como especialistas possam debater o assunto nas Escolas com os pais, se informem e procurem ajuda se for necessário. O diálogo é essencial mais do que nunca", finaliza.

Como funciona
O desafio da "Baleia Azul" causa preocupação em todo o mundo porque incentiva jovens à automutilação e até mesmo ao suicídio. A origem do jogo, supostamente, teria sido em uma rede social russa, mas ainda é investigado. Preocupa porque segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o suicídio já é a segunda maior causa de morte de jovens entre 15 a 24 anos.

O jogo tem um "curador" ou "moderador", que passa "desafios" em grupos secretos onde os contatos começam no Facebook e entre estas "provas", tarefas mórbidas que os participantes tem que fazer e que levam à pressões psicológicas. Estas tem que ser feitas em 50 dias e o final é tirar a sua própria vida. Se a vítima relutar em cumprir as ordens, os "curadores" ameaçam as vítimas dizendo que colocarão em risco a sua vida e a de familiares, em prática que se assemelha aos falsos sequestros. Casos já estão sendo registrados no Rio Grande do Sul.

Como prevenir
* Fique atento a eventuais mudanças de comportamento do jovem
* Demonstre interesse pela rotina dele
* Adolescentes com a autoestima em baixa são mais vulneráveis
* Dialogue e atraia a confiança de seu filho
* Evite que ele fique muito tempo na internet
* Deixe o computador em um local comum e visível da casa
* Evite expor na internet informações particulares e dados pessoais
* Denuncie grupos e comunidades suspeitas à Polícia, assim como ameaças que sejam relatadas pelo seu filho

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 27/04/2017 23h35
Contato: (55) 3232-3766 / 996045197 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Nenhum comentário: