Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

27 janeiro 2023

10 anos da tragédia da Kiss | Há 10 anos, o Rio Grande do Sul amanhecia em luto

Há dez anos, incêndio na boate Kiss causava mais de 200 mortes, ferimentos e sequelas em outras 600 em Santa Maria; famílias ainda esperam justiça (foto Renato Olivera/Especial C7)

Há dez anos, em 27 de janeiro de 2013, o Rio Grande do Sul e mais tarde o Brasil amanheciam em choque. Por volta das 2h30, um incêndio causado por uso de forma indevida, de artefato pirotécnico durante o show da banda Gurizada Fandangueira na boate Kiss, no Centro de Santa Maria, causou a morte no dia de 231 jovens e meses depois, até chegar às 242 vítimas e mais de 600 feridos, na maior tragédia não-natural ocorrida no Estado e que ainda não foi julgada, após a anulação do júri ocorrido em 2021.

Seria uma noite de festa, onde ocorreria a festa "Agromerados", para arrecadação de recursos para formatura dos cursos agronomia, medicina veterinária, pedagogia, zootecnia, técnico em agronegócio e técnico em alimentos. Após o show da banda Pimenta e Seus Comparsas (que também perdeu dois membros na tragédia) e de tocar seis músicas, a banda Gurizada Fandangueira tocou "Amor de Chocolate" e o vocalista Marcelo Jesus dos Santos usou o artefato que acabou incendiando a espuma e dando início ao caos jamais visto na cidade e em qualquer lugar do País. 

Muitas das vítimas, ao tentar escapar do incêndio, acabaram parando no banheiro, vindo a perecer sufocadas. A tragédia parou o Estado naquele domingo, onde as atenções se voltaram para Santa Maria em uma corrente de solidariedade. Entre as vítimas, estavam os gabrielenses Melissa do Amaral Dalforno, Dionatha Kamphorst Paulo, Heitor Teixeira Gonçalves, Otacílio Altíssimo Gonçalves, Andrise Farias Nicoletti (que era vilanovense), Mariana Moreira Macedo, Dulce Raniele Gomes Machado e Taíse Carolina Vinas Silveira. 

Capa de ZH do dia seguinte da tragédia sintetizou o sentimento existente no RS, em luto (foto divulgação)

Os velórios aconteceram no Centro Desportivo Municipal e também nas cidades natais das vítimas, em grande número. Na noite de terça-feira, 29 de janeiro, uma caminhada silenciosa com cerca de 5 mil pessoas vestidas de branco organizada nas redes sociais por Dariéle Vega homenageou as vítimas da tragédia em São Gabriel, assim como em várias cidades do Estado na mesma noite. 

Caminhada realizada na terça-feira homenageou as vítimas em São Gabriel; várias ações se repetiram no interior do RS naquela noite (foto Marcelo Ribeiro/arquivo C7)

Ao final, foram indiciados os sócios da boate, Elisandro Callegaro Spohr (Kiko) e Mauro Hoffmann, além dos músicos da banda, Marcelo Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão. O julgamento chegou a ser realizado em dezembro de 2021 e os réus tinham sido condenados, mas recursos da defesa junto ao TRF4 fizeram o mesmo ser anulado e mais uma vez, as famílias sofreram. 

Uma programação vem ocorrendo desde a quarta-feira, 25 de janeiro, em Santa Maria e deverá ter seu ápice hoje, com vários painéis, homenagens. Duas séries foram lançadas, "Todo Dia a Mesma Noite" pela Netflix baseado no livro de mesmo nome da jornalista Daniela Arbex, como obra de ficção e "Boate Kiss - A tragédia de Santa Maria", pela Globoplay, produzido pelo jornalista Marcello Canellas, no objetivo de não esquecer da tragédia e chamar a atenção para que fatos como este não voltem a acontecer.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 27/01/2023 09h27
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.