XII Baile do Chopp - Santa Margarida do Sul - CLIQUE AQUI

Agora em São Gabriel, Monson! Acesse nosso site e confira as ofertas

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Vestibular Urcamp - mais de 20 cursos para seu conhecimento

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Verão Peruzzo - Baixe o app Compre Peruzzo e comece a fazer suas compras online!

Panvel Farmácias - Compre e receba em casa

Danilo Pires - Assistência Técnica em novo endereço!

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

IPTU 2023 - Prefeitura de São Gabriel

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Vestibular Urcamp - mais de 20 cursos para seu conhecimento

Verão Peruzzo - Baixe o app Compre Peruzzo e comece a fazer suas compras online!

Inscrições abertas para o Fundo Social 2023 Sicredi Essência

Drª Ana Paula Ross Cirurgiã-dentista - você pode confiar!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

Gráfica F1 - Comunicação Visual e Gráfica Offset com qualidade e bom preço!

Mototáxi Confiança - Já pediu sua tele hoje? Nos chama!

Susana Gomes Terapeuta Corporal e Massoterapia - em novo endereço

Use Odontologia São Gabriel - Saúde bucal para você e sua família

28 dezembro 2022

Triste fim de uma era | Morre Bereci da Rocha Macedo

Bereci da Rocha Macedo, figura pública em nossa comunidade e conhecido por seu caráter e opiniões firmes, morreu nesta terça aos 76 anos, vítima de uma isquemia (foto arquivo pessoal)

Um representante de uma era de pessoas íntegras e posicionadas nos deixou nesta terça-feira, 27 de dezembro. Morreu aos 76 anos o contabilista, escritor e articulista gabrielense Bereci da Rocha Macedo, vítima de uma isquemia. Ele estava hospitalizado na Santa Casa de Caridade. Bereci está sendo velado na Funerária Santa Rita e seu sepultamento está previsto para às 13 horas.

Nascido em 12 de julho de 1946 no Rincão de Santa Catarina, distrito de Catuçaba, São Gabriel, Bereci era filho da professora Jacy da Rocha Macedo e do agricultor Darcy Corrêa de Macedo. Desde cedo adquiriu uma personalidade forte que o destacava entre os demais da sua idade. Os mais velhos, acostumados ao sofrimento de quem morava na campanha, comentavam entre si a vivacidade do "Nenê", como ele era chamado.

Bereci era conhecido pelo caráter ilibado, honestidade e opinião forte, onde ele não tinha temor de expressar suas opiniões, mesmo que elas pudessem desagradar alguns. Ele começou a trabalhar cedo e dizia sempre que o maior aprendizado era com os pais. "Fui precoce. Meu aprendizado maior foi com meus pais, mas se na infância chamava a atenção dos homens da campanha, logo na cidade pela maturidade que veio cedo, chamei a atenção dos velhos com os quais tive outro profícuo aprendizado", disse em texto autobiográfico deixado em seu perfil no Facebook. 

Ele também era envolvido com a política local, sendo que atribui ao saudoso Amarílio da Cunha Teixeira, que estava na época no Partido Libertador, sua introdução na política. Era filiado ao Progressistas, onde concorreu por diversas vezes vereador, mas infelizmente não obteve êxito - possivelmente, como ele dizia, porque a comunidade não queria alguém honesto no Legislativo. 

"Sempre gostei da política – é uma ciência que não se exerce sozinha – e por isso me preparei para ser um político de primeira grandeza. Fui e sou, mas pela verdade que encarno; pela franqueza dos atos; pela sinceridade no agir; e pela correção de comportamento na vida social, profissional e pública sempre fui desprezado pela maioria da população. Quem perdeu foi minha querida São Gabriel", afirmava. 

Se formou Técnico em Contabilidade em 1965, onde exerceu essa profissão durante toda a vida. Também estudou na Escola Estadual XV de Novembro e na Urcamp. Nas letras, Bereci escreveu para vários jornais, abordando os problemas da comunidade, exercendo com maestria e autoridade as críticas e cobrança para que estes fossem resolvidos - o último foi o Correio Gabrielense, onde escrevia e também republicava antigas colunas para lembrar que situações que precisavam ser corrigidas ocorrem até hoje. Na imprensa, ainda atuou na Rádio Batovi nos anos 90, colaborando com o programa jornalístico de Nilo Dias e Carlos Alberto Moreira e também participava do "Marco Aurélio Weber Debates" na Rádio RBC FM. 

Morou por muitos anos e sempre destacava isso, no Bairro Menino Jesus, desde 1979, onde foi presidente da Associação dos Moradores e ajudou a denominar as ruas do local. Era amigo dos amigos, apaixonado por coisas simples, boa música e por vezes - quando o panorama permitia - fazia suas reuniões à sombra do salso que existe em frente à sua casa. 

Deixa a filha Rafaela, neto, o irmão João Manoel e uma legião de amigos, admiradores e muitas outras pessoas que concordavam ou discordavam de suas opiniões. A comunidade perde uma pessoa íntegra, correta, capaz, honesta, limpa e inteligentíssima. Sentimentos à família. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 28/12/2022 08h41 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.