Mercado Público de Porto Alegre completou 153 anos nesta segunda-feira, 3 de outubro e se destaca como um dos principais símbolos culturais, históricos e econômicos do Rio Grande do Sul (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Nesta segunda-feira, 3 de outubro, um símbolo dos gaúchos completou 153 anos. O Mercado Público de Porto Alegre, conhecido por suas bancas e por ser mais do que um centro de abastecimento no coração da capital dos gaúchos, é um espaço múltiplo cultural. Para comemorar a data, um bolo que reproduziu a arquitetura do prédio foi servido aos presentes. A reportagem do site esteve conferindo o local no último dia 22 de setembro.

Espaço funciona com bancas de vários produtos e serviços de segunda a sábado, mas há possibilidade de abertura aos domingos

No Centro do Mercado está o Bará, tombado como patrimônio cultural e histórico de Porto Alegre

Fundado em 3 de outubro de 1869 e aberto de domingo a domingo, o Mercado tem várias bancas que ofertam serviços e vendem os mais diversos gêneros, além de gêneros alimentícios variados. São açougues, agropecuárias, armazéns, bazares religiosos, artesanato, bebidas, restaurantes, bares e lancherias, bombonieres, cafeterias, erva mate e artigos gaúchos, fiambrerias, floras, fruteiras, padarias, peixarias, produtos naturais, produtos para confeitaria e embalagens, serviços e sorveterias. 

O Mercado Público teve seu segundo andar reaberto recentemente, após nove anos do incêndio que danificou o local e reviveu novamente. No andar, funcionam os os restaurantes Bar Chopp 26, Taberna, Pizza Veg (antigo Telúrico), Mamma Julia, Sayuri e sorveteria Beijo Frio; além destes, já está funcionando no local a Associação de Artesãos Porto Alegre Solidária. 

Segundo andar foi reaberto no dia 5 de setembro, com a retomada das atividades dos restaurantes do local e até o final do ano, a Prefeitura deverá licitar 11 novos espaços

Segundo piso também abriga exposições culturais variadas

No Centro do Mercado Público, há uma simbologia religiosa especial e que no ano passado, foi tombado como patrimônio histórico-cultural de Porto Alegre: o Bará do Mercado Público, representado por um mosaico no cruzamento do passeio entre as bancas. Segundo as versões, o Bará teria sido assentado (fixado em algum objeto por meio dos rituais) por escravos ou pelo Príncipe Custódio, no começo do Século XX. 

Além de abrir caminhos, o Bará ainda representa o trabalho e a fartura. É daí que vem a tradição de jogar dinheiro no centro do Mercado Público. Celebrações religiosas são costumeiramente realizadas ali, como no Dia de São Pedro e do Bará Lodê, em 29 de junho e o Dia de Santo Antônio, que também é do Bará, em 13 de junho. 

Bancas oferecem uma infinidade de gêneros alimentícios e vários produtos, culturais, religiosos e utilidades 

No dia em que visitamos, exposição e venda de antiguidades estavam sendo realizadas no Mercado Público da capital

Visão do segundo andar dá ideia da grandeza do Mercado Público de Porto Alegre

Para chegar ao segundo andar, há duas escadas rolantes e os elevadores, além de escadarias. O Mercado abriga também exposições culturais temporárias - na época, havia a exposição cultural "Influência", de Henrique Fagundes da Costa e do fotógrafo Eduardo Rocha. No último dia 29, o Mercado voltou a receber exposições e eventos, sendo a primeira a Exposição de Orquídeas e nos próximos dias 7 e 8 de outubro, o Projeto Identidade Gaúcha, com shows e oficinas culturais. 

O Mercado Público de Porto Alegre funciona de segunda à sexta, das 7h30 às 19h30 (portões), restaurantes até às 22h (opcional); nos sábados, das 7h30 às 18h30, restaurantes também até às 22h; e nos domingos, os restaurantes funcionam das 10 às 16h e a Prefeitura de Porto Alegre deverá autorizar o comércio a funcionar aos domingos em breve. O Centro de Informações Turísticas funciona das 9 às 18h, de segunda à sábado. Quem estiver em Porto Alegre, vale a pena conferir.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 03/10/2022 18h55 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.