Uma parceria de gabrielenses e bajeenses que construiu um belo chamamé foi a grande campeã da 25ª Estância da Canção Gaúcha, encerrada na madrugada desta segunda (17) no Parque de Exposições Assis Brasil. "Alma de Chamamé", composição com letra de Guilherme Collares e melodia de Edilberto Bérgamo e interpretada pelo próprio com a parceria de Danner Marinho, foi a vencedora do festival que completou seu jubileu de prata neste ano. 

Em segundo lugar, ficou "Para Onde Olhava o Vigil", parceria entre Lisandro Amaral, Mauro Silva e Gabriel Jardim

Em terceiro lugar, "Ponto e Pesponto", interpretada por Raineri Spohr

A composição ainda conquistou os troféus de Melhor Poesia e Música Mais Popular. Em segundo lugar, ficou outra parceria de gabrielenses e bajeenses, "Para Onde Olhava o Vigil", cantada por Lisandro Amaral, Mauro Silva e Gabriel Jardim, uma chamarra composta pelo trio, sendo que a letra foi de Lisandro com melodia de Mauro e Gabriel. 

Na terceira colocação, ficou a milonga "Ponto e Pesponto", com letra de Diego Müller e Leonardo Borges, melodia e interpretação de Raineri Spohr, que também ganhou o troféu de Melhor Melodia. Antes das músicas, os gabrielenses do grupo Compasito abriram a noite e após a apresentação das treze canções finalistas, antecedendo a divulgação do resultado e a premiação, o cantor Jorge Guedes e sua Família, animou a expressiva plateia com seu excelente espetáculo de música missioneira. Na sexta, o grupo Quarteto Coração de Potro, que também participou concorrendo no evento, fez o show da noite.

A tarefa de eleger os melhores do festival coube a Comissão Avaliadora, formada por Carlos Madruga, Rodrigo Jacques e Sérgio Carvalho Pereira. Também estavam presentes no evento: secretário de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Rogério Melo; Vereador José João Barcellos, representando o Poder Legislativo Municipal; Presidente da 25ª Estância da Canção Gaúcha, André Teixeira; Secretário de Obras Renato Gonçalves, Comissário-Geral da Expofeira Agropecuária de São Gabriel; Cátia Cavalheiro, patroa da Coordenadoria Tradicionalista Municipal (CTM); Rogério Severo Porto, coordenador da Secretaria de Segurança e Cidadania.

Confira o resultado final e a seguir, as fotos e transmissões:

1º Lugar: Alma de Chamame
Ritmo: Chamamé
Letra: Guilherme Collares
Melodia: Edilberto Bérgamo
Interpretação: Edilberto Bérgamo e Danner Marinho                     
Gaita Botoneira: Edilberto Bérgamo
Violão Base: Danner Marinho
Gaita Botoneira: João Vitor Nunes
Violão e Vocal: Daniel Cavalheiro
Violão e Vocal: Gabriel Jardim
Contrabaixo: Lucas Gross

2º Lugar: Pra Onde Olhava o Vigil
Ritmo: Chamarra
Letra: Lisandro Amaral
Melodia: Mauro Silva/Gabriel Jardim
Interpretação: Lisandro Amaral, Mauro Silva e Gabriel Jardim                 
Gaita: Mauro Silva
Violão: Gabriel Jardim
Guitarron e Vocal: Odair Teixeira
Contrabaixo e Vocal: Lucas Gross

3º Lugar: Ponto e Pesponto
Ritmo: Milonga
Letra: Diego Müller/Leonardo Borges
Melodia: Raineri Spohr
Interpretação: Raineri Spohr                    
Saxofone: Daniel Zanotelli
Violão: Luciano Fagundes
Violão: Matheus Alves
Contrabaixo Acústico: Carlos de Césaro

Melhor Poesia: Alma de Chamamé
Autor: Guilherme Collares                   

Melhor Melodia: Ponto e Pesponto
Autor: Raineri Spohr                     

Melhor Instrumentista: Mauro Silva
Instrumento: Gaita
Música: Pra Onde Olhava o Vigil    

Melhor Intérprete: Raineri Spohr
Música: Ponto e Pesponto          

Melhor Arranjo: Ponto e Pesponto
Arranjadores: Matheus Alves/Daniel Zanotelli                

Melhor Indumentária: Lisandro Amaral 
Música: Pra Onde Olhava o Vigil     

Melhor Tema Campeiro: Pra Onde Olhava o Vigil
Ritmo: Chamarra
Letra: Lisandro Amaral
Melodia: Mauro Silva/Gabriel Jardim
Gaita: Mauro Silva
Violão: Gabriel Jardim
Guitarron e vocal: Odair Teixeira
Contrabaixo e vocal: Lucas Gross
Interpretação: Lisandro Amaral, Mauro Silva e Gabriel Jardim   

Música Mais Popular: Alma de Chamamé


Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/10/2022 11h12 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.