Polícia Civil concluiu inquérito sobre suposto caso de abuso de criança e não encontrou materialidade que comprovasse ocorrência de crime (foto arquivo C7)

A Polícia Civil de São Gabriel concluiu o inquérito referente a uma denúncia de suposto estupro de uma criança de três anos. Após um mês de investigações e diligências, a Polícia remeteu o documento para apreciação do Poder Judiciário no final da tarde de sexta, 29 de julho, relatando que não foi encontrada materialidade que comprovasse a ocorrência de crime.

A Polícia recebeu o material do Instituto Geral de Perícias (IGP), com os resultados de análises laboratoriais que estavam sendo feitas em Porto Alegre. O laudo revelou a existência, apenas, de material genético da própria criança. 

O delegado José Soares Bastos informou que o médico responsável pelo atendimento no PA 24 Horas, no dia que gerou a denúncia, relatou que o exame feito no Hospital não constatou violência. Novo exame feito por perito do IGP confirmou a primeira avaliação, ratificando o resultado como negativo.

Devido à disseminação de informações e polêmicas surgidas na cidade, o caso foi tratado como prioridade e uma equipe especializada cuidou exclusivamente das investigações. O delegado confirma que foram 30 dias com foco direcionado somente para os fatos envolvendo a denúncia e depoimentos, e que "todas as diligências foram realizadas", afirmou na última semana à reportagem. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 01/08/2022 17h11
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.