Táxi Cristiano 24h - Sua opção de transporte pessoal em São Gabriel

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Sua formação não pode esperar - Ingresse na Urcamp!

Cotribá - Cooperativismo para a produtividade em São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Vem para a Unopar em São Gabriel!

Danilo Pires Assistência Técnica agora é Good Place, com o melhor em Apple

Curso Sargento Anderson - campeão de aprovações em São Gabriel e região

anúncio prefeitura sg dengue

Super Engenho São Gabriel - Mais qualidade para sua família

Foco no Futuro com a Urcamp - inscrições para o vestibular de verão abertas!

São Gabriel Saneamento - o melhor está por vir, acredite

Estarmed Assistencial - Um plano de saúde gabrielense para os gabrielenses

Urbano Alimentos - colaborando para o crescimento de São Gabriel e região

Aproveite a Temporada Verão 2024 Peruzzo!

Ajude o Rio Grande do Sul neste momento difícil! O Sicredi está nessa!

Drª Sandra Regina Marçolla Weber - na VidaMed

27 julho 2022

Vereadores aprovam requerimento de CPI da São Gabriel Saneamento

Sete vereadores assinaram requerimento para instalação de CPI da São Gabriel Saneamento, para esclarecer fatos que geram cobranças e reclamações da comunidade gabrielense (foto Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Objeto de várias críticas da comunidade por decisões consideradas equivocadas como obras e tarifas altas, a São Gabriel Saneamento pode ser alvo de mais uma ação por parte da Câmara de Vereadores de São Gabriel. Na última terça-feira, 26 de julho, sete vereadores assinaram na sessão legislativa um requerimento para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a empresa. 

O pedido, assinado pelos vereadores Malu Bragança, Cacaio Lannes, Kiko Lopes (Patriota), Márllon Maciel (PP), Moisés Marques (PL) e Pepeca Bertazzo (PDT), visa apurar oito fatos que estão gerando vários questionamentos e cobranças da comunidade gabrielense, que seriam os seguintes: reajustes e cobranças retroativas de tarifas de água aos meses de maio, junho e julho de 2022, a partir de agosto do mesmo ano; a saúde financeira e capacidade de endividamento da concessionária; o cronograma e execução de serviços de reparação de ruas abertas para manutenção das redes; a adequação da coleta de esgoto mediante instalação de bomba submersível em residências com soleira baixa; a cobrança da taxa de esgoto de 80% do valor de consumo de água; auxílio à famílias de baixa renda para adequação de esgoto e cobrança de tarifas retroativas; a fiscalização da AGESG e da Prefeitura em relação à concessionária e a previsão contratual de prevenção em caso de calamidade pública como pandemias, endemias, entre outras.

Segundo informações, o pedido chegou a ter onze signatários, mas alguns teriam desistido "em cima da hora". Mesmo assim, o pedido atingiu o mínimo necessário de cinco assinaturas para o requerimento. A partir de agora, cabe ao presidente do Legislativo, vereador Sildo Cabreira (PDT) analisar o pedido e nomear os membros da CPI. 

A empresa se manifestou nas redes sociais nesta quarta (27), onde disse que está à "disposição dos senhores vereadores para qualquer esclarecimento necessário" para a CPI. 

Mesmo com o início das obras de tapa-buraco com recuperação asfáltica, a empresa tem sido alvo de muitas queixas na comunidade gabrielense pelos buracos, a resolução considerada insatisfatória destes reparos e também as tarifas de esgoto e esta cobrança que deverá chegar em agosto, que já gera polêmica. Vamos aguardar os próximos capítulos. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 27/07/2022 20h34
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.