Julgamento dos acusados da morte do policial militar Bento Júnior Teixeira Borges, ocorrida no Natal de 2016, começou na manhã desta quarta, 6 de julho, no Fórum de São Gabriel (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

A Comarca de Justiça de São Gabriel iniciou o julgamento de seis dos dez acusados da morte do policial militar Bento Júnior Teixeira Borges, 36 anos, nesta manhã de quarta (6), no Fórum local. O primeiro dia de julgamento do Caso Bento, como ficou chamado, teve depoimentos de testemunhas do fato, muitas delas menores de idade na época do crime, ocorrido no Natal de 2016 em um posto de combustíveis na entrada da cidade.

Movimentação no Fórum foi grande, principalmente de colegas da vítima

Antes do início do julgamento, colegas de Bento prestaram homenagem a ele na frente do Fórum, pedindo Justiça

O julgamento iniciou por volta das 11 horas, após o sorteio do corpo de jurados, composto por quatro mulheres e três homens. Enquanto era realizado este procedimento, policiais e familiares tanto da vítima quanto dos acusados esperavam na frente do Fórum. Às 9h da manhã, horário marcado anteriormente para o início do júri, policiais da ativa e da reserva da Brigada Militar realizaram um ato em homenagem a Bento, prestando continência e pedindo por Justiça.

Familiares de Bento também acompanham o julgamento. Após selecionados, os jurados leram o processo e às 11 horas, iniciaram-se os depoimentos, entre eles de testemunhas, algumas delas menores de idade na época do crime e também do Delegado José Soares Bastos, que atendeu o caso, todos ouvidos pela juíza Juliana Neves Capiotti, presidente do julgamento.

Depoimentos foram prestados durante grande parte do dia de hoje

Júri foi dividido em duas partes, onde nesta primeira etapa, seis réus são julgados

Estão sendo julgados neste primeiro júri, os réus Adriel Gomes Corrêa, Anderson Martins Pedroso, Sílvio Jobim D' Ávila, Robison Carvalho Pereira, Paulo César dos Santos Ferrer e Alan Costa Rieffel, todos defendidos por Defensor Público. O segundo júri ocorrerá em 24 de agosto e julgará os réus Roberto Carlos Carvalho Pereira, Giovani Castro Morback, Anderson Varreira dos Santos e Patrick Cassal Madri. Até o fechamento da reportagem, o júri seguia no Fórum local, sem hora para terminar. O julgamento reinicia nesta quinta-feira, 7 de julho. Inicialmente se previa que o mesmo durasse dois dias, mas pode se estender até sexta-feira. 

O crime ocorreu na manhã de 25 de dezembro de 2016, após uma briga de casal que resultou em uma confusão envolvendo um grande número de pessoas. Bento, que tinha 36 anos na época, estava de folga e tentou conter a briga, vindo a disparar tiros que acertaram um adolescente, que morreu na hora e que era João Gabriel Ferraz, 16 anos. Após os disparos, o policial foi perseguido e desarmado, espancado e esfaqueado por um grupo de pessoas envolvendo adultos e adolescentes. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 06/07/2022 21h44 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.