Ventos ciclônicos causaram danos na costa leste do Uruguai, próximo ao RS; municípios se preparam para possível chegada do ciclone para a noite desta terça-feira (foto Montevideo Portal)

Diversos municípios correm para se prevenir em razão da previsão de chegada do ciclone extratropical denominado Yakecan, prevista para esta terça-feira (17). Vários municípios como Porto Alegre, Pelotas e Rio Grande suspenderam as aulas nesta terça (17) e quarta (18) dentro do período de 24h de maior gravidade dos ventos e chuva. 

Na manhã desta terça-feira, a Prefeitura de Porto Alegre anunciou a suspensão das aulas da rede municipal na tarde e noite desta terça, assim como a rede estadual da capital. Conforme os boletins divulgados pela Marinha e a Defesa Civil do RS, a previsão é de que o ápice do temporal aconteça a partir da tarde desta terça-feira, quando as rajadas de vento podem superar a casa dos 80 km/h, podendo ultrapassar os 100 km/h durante a noite. Os modelos meteorológicos mostram que o fenômeno pode se estender por aproximadamente 24 horas, com períodos de menor e maior intensidade. 

Em Rio Grande, no sul do RS, as aulas na rede municipal foram suspensas. A Universidade Federal do Rio Grande (Furg) também anunciou a interrupção das atividades acadêmicas para esta terça-feira. Municípios como São José do Norte, Mostardas, Santa Vitória do Palmar, Chuí, Capão do Leão,  Jaguarão, Pedro Osório, Piratini, Pinheiro Machado, Turuçu, também anunciaram a suspensão das aulas nas escolas municipais nesta quarta-feira.

Em Pelotas, a prefeitura orientou que escolas e universidades suspendam suas atividades. A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) informou a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas presenciais na tarde e noite desta terça e na manhã de quarta-feira. O Yakecan, denominado assim pela Marinha em nome que significa na língua tupi-guarani "som que vem de cima", deverá trazer muita chuva e ventos que podem variar de 100 a 120 km/h, que é perigoso e traz potenciais danos.

No Uruguai, segundo o Portal Montevideo, os ventos do ciclone já geram muita chuva e ventania, além de danos variados. Um jovem  de 23 anos morreu atingido por uma palmeira que caiu sobre sua casa em Passo da Arena, em Montevidéu. A Defesa Civil do Estado alerta que sigam as orientações que forem dadas nas rádios e redes sociais pelo órgão.

Em São Gabriel, a Defesa Civil está atenta e o que pode ocorrer aqui é vento forte, resquícios do ciclone. Qualquer problema ou emergência que venha a ocorrer por ventos fortes, o contato é (55) 99608-4936. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/05/2022 10h50 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.