Ato que oficializou a habilitação do serviço de Oncologia de São Gabriel para atender pelo SUS aconteceu no começo da noite desta quinta, 5 de maio, no Salão Nobre da Santa Casa, com a presença da Secretária Estadual da Saúde, Arita Bergman (fotos Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Após mais de seis anos de luta, trâmites e negociações, o serviço de Oncologia realizado pelo Centro Marina Ramos, da Santa Casa de Caridade de São Gabriel, agora pode prestar atendimentos pelo Sistema Único de Saúde. A habilitação do serviço foi sacramentada com a assinatura do convênio, no começo da noite desta quinta-feira (5) em ato que teve a presença da Secretária Estadual da Saúde, Arita Bergman. 

Equipe clínica que atuará no Centro de Oncologia, agora reforçada com mais quatro médicos

Placa que marca ato histórico foi descerrada no Centro de Oncologia Marina Ramos

O ato, realizado no Salão Nobre, contou com a presença do deputado estadual Frederico Antunes (PP), o prefeito de São Gabriel, Lucas Menezes e o ex-prefeito Rossano Gonçalves, que gestionou as tratativas desde 2016. A habilitação do serviço vai beneficiar cerca de 260 mil habitantes da região, visto que este atenderá não somente São Gabriel, mas também os municípios de Alegrete, Manoel Viana, Rosário do Sul, Sant'Ana do Livramento e Santa Margarida do Sul. 

Até então, os pacientes oncológicos que dependem do SUS precisam ir até Uruguaiana, a cerca de 300km de São Gabriel, às vezes percorrendo cerca de oito horas na estrada, em uma rotina extenuante para os pacientes. A assinatura foi feita entre a Secretária Arita e o Provedor da Santa Casa, Cilon Lopes de Siqueira, tendo como testemunhas Frederico Antunes e Rossano Gonçalves. 


Após a solenidade, Secretária Arita visitou o local e ficou impressionada com o que viu

O Centro de Oncologia foi inaugurado em 2019, com atendimento apenas a pacientes particulares, convênios e credenciados do IPE Saúde. Desde 2016, os gestores municipais vinham articulando junto ao Ministério da Saúde o credenciamento ao SUS. No dia 27 de dezembro de 2021, foi publicado no Diário Oficial da União a portaria GM/MS n.º 3733 que habilitou a unidade, mas apenas agora o serviço começa a ser oferecido no sistema público.

Confira as transmissões do ato que entrou para a história da saúde de São Gabriel:



Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 05/05/2022 21h57
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.