Moradora da residência que ocorreu o fato com o cão Bebê deu sua versão dos fatos (foto divulgação)

Na noite desta terça-feira (17), a mulher que mora na casa em que o cão Bebê foi gravemente ferido ao ser retirado da residência na Avenida Presidente Vargas, em São Gabriel, deu sua versão dos fatos. Temendo represálias, ela pediu para não ser identificada, mas pediu espaço para esclarecer a questão. A mulher afirmou que o cão entrou no pátio após uma briga com outro animal na rua, ficou preso na grade da residência e se machucando gravemente, onde o ferimento teria sido acidental.

Ela afirmou que o esposo foi tentar retirar o cão, que ficou assustado por estar preso e acabou se machucando. "O Bebê acabou preso na grade por ser grandinho e fomos tentar retirar ele, e sem querer ele caiu e acabou se cortando na grade por conta de ter ficado entalado, afirmamos que foi acidental o que ocorreu com ele", afirmando que a grade existe na casa para proteger os animais de casa e também evitar que cães de rua invadam, como foi o caso e que por infelicidade, o cão acabou machucado. A mulher afirmou ainda que ambos ajudaram e ajudarão nos cuidados médicos e lamenta a distorção da história feita nas redes sociais. 

"A gente também tem animal de estimação em casa, jamais iríamos ferir como estão dizendo por aí, temos gatos, uma cachorrinha, nos assustamos com o que ocorreu e distorceram tudo, lamentamos as informações erradas que foram ditas nas redes sociais", finalizou a mulher. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 17/05/2022 22h14 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.