Músico gabrielense foi indiciado por crimes de estupro cometidos contra crianças e adolescentes entre 2005 e 2018 (foto ilustrativa Freepik)

A Polícia Civil de São Gabriel remeteu ao Poder Judiciário na última quinta (14) o inquérito em que indicia um músico gabrielense de 45 anos por três crimes de estupro de vulnerável cometidos entre 2005 e 2018 no município. O inquérito foi concluído e remetido ao Judiciário pelo delegado José Soares Bastos. 

Segundo o delegado Bastos, as três vítimas foram violentadas por vários anos, sendo que em todas, os crimes teriam ocorrido a partir da infância delas - uma delas começou a ser abusada aos cinco e outra, aos nove anos. Ele foi preso preventivamente em Alvorada, onde estava residindo e deverá ser transferido para o Presídio Estadual de São Gabriel. 

O homem, músico e conhecido por participar de festivais, ainda é investigado por casos semelhantes em Carazinho, na região norte do Estado. O caso chocou a comunidade gabrielense, principalmente porque muitos conheciam o suspeito dos crimes. 

* Nomes não podem ser divulgados devido à lei 13.869/2019, conhecida como Lei de Abuso de Autoridade. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 18/04/2022 19h50
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.