Michelle Augusto Borges, 23 anos, está em busca de recursos para viagem de estudos aos Estados Unidos, para cursar Mestrado em Economia na Universidade de Massaschusetts (foto divulgação)

Uma jovem gabrielense que se formou em Economia está realizando uma vaquinha virtual para poder cursar o Mestrado na área nos Estados Unidos. Michelle Augusto Borges, 23 anos, foi selecionada para fazer Mestrado nas universidades norte-americanas American University, em Washington, DC, e Universidade de Massachusetts, em Boston, mas apesar de ter ganho bolsa, os custos não são suficientes ainda e ela está realizando uma campanha para angariar fundos para a viagem.

Michelle se formou pela Universidade Franciscana, em Santa Maria, onde reside. "Recebi bolsa de estudos nas duas Universidades, porém, devido ao alto custo de vida em Washington, DC, escolhi estudar na University of Massachusetts, e morar em Boston. Apesar de a bolsa cobrir 50% da anuidade + cobertura parcial do seguro-saúde + US$9,000/por ano, isso ainda não é o suficiente para que eu possa ir. Por esse motivo, estou criando uma campanha de arrecadação", explicou.

Ela foi estudante da Escola Municipal Ginásio São Gabriel e do Colégio Tiradentes da Brigada Militar de São Gabriel e no Superior, recebeu uma bolsa via ProUni de 100% para estudar Economia. "Não tinha sido a primeira alternativa, mas hoje sinto que não poderia ter escolhido opção melhor. Vejo no estudo da ciência econômica uma ferramenta que pode auxiliar na construção de um mundo onde existam sociedades mais justas e igualitárias", afirmou ela, relatando ainda que desde criança, a vontade de ajudar outras pessoas está presente em sua vida - Michelle lembra que seus professores me chamavam de “advogada” da turma, pois era inadmissível ver colegas passando por situações de injustiça e vulnerabilidade.


Durante a graduação, Michelle realizou vários projetos sociais e acadêmicos que enriqueceram sua experiência e currículo, relacionados à economia e empreendedorismo. O sonho de estudar no Exterior a acompanha desde a infância e ao confeccionar sua monografia que teve como tema desigualdades de gênero no mercado brasileiro, ela conheceu a Economia Feminista, um novo campo de estudo dentro das Ciências Econômicas. 

Por conta do estudo do tema, ela buscou oportunidades internacionais junto à representantes da área e conseguiu uma oportunidade como pesquisa na Cátedra UNESCO Mulheres, Desenvolvimento e Culturas, da Universidade de Vic, na Espanha. E nisso, ela chegou aos exames de aplicação das universidades americanas, onde ela foi aprovada para os Mestrados em Análise de Gênero em Economia da American University e em Economia Aplicada, da Universidade de Massachusetts, em Boston. Por conta dos custos, ela escolheu o segundo curso.

QUANTO ELA PRECISA?
Michelle salienta que apesar da bolsa poder cobrir parte dos custos, devido ao rigor da emissão dos vistos por parte do Governo Americano, ela precisará comprovar que pode pagar pelo menos um ano do programa. 

"Trabalhando como assistente de pesquisa na Universidade, tenho cobertura 50% da anuidade, mais cobertura parcial do seguro-saúde e mais um 'salário' de 9 mil dólares por ano. Acontece que o governo americano é bastante rigoroso na emissão de qualquer visto, e como sou estudante internacional, é requerido pela Universidade que eu comprove que posso pagar por pelo menos um ano do programa, custo de vida e despesas pessoais para que o documento I-20 para solicitar o visto F-1 (estudante) seja emitido. E seguindo as diretrizes da Universidade - e descontando a bolsa, esse valor é de 27 mil dólares (cerca de 140 mil reais, em conversão direta). Nesse contexto, estou contando com a confiança e apoio da comunidade de São Gabriel para realizar esse sonho, e assim, fazer parte da transformação do Brasil", afirmou. 

A Vaquinha está no portal Kicante, e qualquer colaboração é bem-vinda. Também podem ser feitas doações pela sua chave Pix, que é pelo número 55996739703. Vamos ajudar?

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 28/04/2022 17h15
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.