Batido o martelo: Rossano Gonçalves renuncia à prefeitura de São Gabriel nesta quinta, 31 de março, para concorrer em outubro (foto Marcelo Ribeiro/portal Caderno7)

Bomba na política local. O que era especulado se confirmou na manhã desta quarta, 30 de março. O prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves (PL) confirmou que estará renunciando ao cargo para poder estar apto a concorrer nas eleições de 2022. A definição foi anunciada em reunião com o presidente da Câmara de Vereadores, Sildo Cabreira (PDT) e o líder do Governo, Moisés Marques (PL) agora há pouco.

Rossano confirmou à editoria a decisão. "Encaminhamos nossa decisão aos vereadores Sildo e Moisés e entregamos nas mãos de Deus, sonhamos grande por uma região", afirmou. A decisão pegou muitos de surpresa e agitou o meio político local, regional e estadual. A renúncia é necessária em cumprimento  exigência legal da Lei Complementar Federal n.º  64 de 1990, que obriga chefes do Poder Executivo a renunciar ao cargo seis meses antes das eleições para estarem aptos a concorrer ao pleito de 2022. 

A posse do vice-prefeito Lucas Menezes na condição de Prefeito Municipal será realizada na Câmara de Vereadores às 10 horas de quinta-feira, 31, e às 11 horas será realizada a solenidade de transição de cargo, no saguão do Palácio Plácido de Castro. 

Rossano Gonçalves, aos 59 anos, é empresário e agropecuarista. Exercia o quinto mandato como prefeito, sendo o único político gaúcho eleito cinco vezes para o cargo. Foi vereador constituinte, diretor da Cooperativa de Laticínios do Rio Grande do Sul (Corlac), Deputado Estadual e Diretor Institucional do Detran/RS.

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/03/2022 12h25
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.