Pague seu IPTU 2022 com desconto até 10 de fevereiro - Prefeitura de São Gabriel

Vestibular Permanente Urcamp - SEJA PROTAGONISTA DA SUA VIDA - INSCREVA-SE AQUI

Ecoestudos Inteligência Ambiental - Buscando um mundo mais sustentável

Dental SG - A clínica odontológica da família gabrielense

www.peruzzo.com.br - Acesse, compre e receba em casa!

Painéis Solares A Elétrica - Energia Solar em até 120x

Urbano 60 anos - Parte da família da gente!

CauzzoMais - seu acesso inteligente à saúde e a uma vida mais completa

Para tudo que o verão pede, Sicredi

Use Odontologia em São Gabriel - saúde bucal para você e sua família

Anúncio Dra Ana Paula Ross

10 janeiro 2022

Tempo | Forte onda de calor pode atingir o Rio Grande do Sul nesta semana

Forte onda de calor vai atingir o Rio Grande do Sul nesta semana (foto reprodução/Metsul)

Uma brutal onda de calor de temperatura extremamente elevada e por período prolongado atingirá o Centro da América do Sul nesta segunda semana de janeiro e na metade do mês. São esperadas marcas extremas de temperatura em grande parte da Argentina, no Uruguai, e no Sul do Brasil e Paraguai. Recordes de máximas de décadas devem cair nos territórios uruguaio e argentino que devem sofrer o pior da onda de calor, mas marcas históricas também podem ser alcançadas no Rio Grande do Sul, segundo a Metsul Meteorologia.

Um episódio de calor muito intenso a extremo vai se instalar no decorrer desta semana no Rio Grande do Sul com temperatura muito alta a excepcionalmente elevada em algumas regiões do estado. Máximas acima de 35ºC devem ser generalizadas no final da semana no estado gaúcho e muitas cidades terão máximas perto ou acima de 40ºC. Mesmo cidades da Serra Gaúcha podem ter marcas extremas no final da semana com máximas de até 37ºC em Caxias do Sul e ao redor dos 40ºC nos vales de Farroupilha e Bento Goncalves, dentre outras cidades da região com acentuada variabilidade microclimática por relevo.

O Oeste e o Sul do Rio Grande do Sul sentirão com mais força a magnitude incomum da onda de calor pela sua maior proximidade da bolha de ar extremamente quente que deve se centrar na região do Rio da Prata no final desta semana. O Oeste será a primeira região a registrar as temperaturas mais extremas à medida que o aquecimento mais intenso vai se iniciar a partir do Norte e do Nordeste da Argentina.

Na região de Uruguaiana e Quaraí, conforme a análise da MetSul a partir de conjunto amplo de dados, as máximas devem atingir 37ºC nas tardes de hoje e amanhã, 39ºC na terça, 41ºC a 42ºC na quarta, 42ºC a 43ºC na quinta, e 43ºC na sexta. O próximo fim de semana é ponto em aberto na região com alguns dados reduzindo o calor por instabilidade e outros mantendo a grande intensidade.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) chega a ser mais agressivo em seu prognóstico para o Oeste do Rio Grande do Sul e indica 45ºC. Na fronteira com o Uruguai e na Campanha, nas áreas de Bagé, Jaguarão, Dom Pedrito e Quaraí, marcas de 40ºC a 42ºC, ocasionalmente superiores, devem ser esperadas no final da semana pela previsão da MetSul. Pelotas, no sábado (15) poderia atingir 41ºC ou 42ºC.

Chamamos a atenção que o calor não será sentido apenas com força durante o dia. As noites vão ser muito quentes no final da semana e no próximo fim de semana. No Oeste gaúcho é até possível que ocorram recordes de mínimas altas, uma vez que os dados hoje indicam que na região de Uruguaiana as madrugadas podem transcorrer inteiramente com temperatura em 30ºC ou mais ou com valores muito perto de 30ºC. Madrugadas muito quentes vão ocorrer também nas demais regiões gaúchas no fim de semana que vem, mas sem os valores extremos de mínima do Oeste.

Reportagem: Metsul Meterologia/divulgação
Data: 10/01/2022 10h26
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.