Neste domingo, 30 de janeiro, foram realizadas as provas do concurso público da Brigada Militar do Estado, na região Metropolitana. As provas foram aplicadas pela Fundatec e deverão ter seu gabarito divulgado na terça, 1° de fevereiro. Mas uma polêmica ganhou as redes sociais nesta noite de domingo: candidatos apontam falhas na fiscalização das provas, que teriam tido brechas que permitiram o uso de telefones celulares, algo que é proibido em concursos. 

Prints de redes sociais davam conta inclusive de publicações em redes nas salas de provas e inconformados, candidatos pedem à Fundatec a anulação das provas. Além disso, a fiscalização teve falhas ao fiscalizar os candidatos para que não cometessem irregularidades sob pena de desclassificação. 

Em contato com a entidade, a reportagem do site foi informada pela assessoria de imprensa que os fatos estão sendo investigados internamente. "Uma reunião será realizada nesta segunda-feira e após, a Fundatec emitirá uma nota oficial sobre estes fatos", afirmou Adriana Kühn, assessora da Fundação. A Brigada Militar também solicitou uma reunião urgente com a Fundatec. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 30/01/2022 23h03 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.