Na primeira pesquisa de 2022, Lula venceria em primeiro turno com 45% dos votos; Bolsonaro tem 23% (fotos divulgação)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria em primeiro turno se a eleição para a presidência fosse hoje com 45% dos votos, de acordo com uma pesquisa feita pela Genial Investimentos e a Quaest Pesquisa e Consultoria divulgada nesta quarta-feira (12). No cenário estimulado, os números mostram Lula na liderança das intenções de voto seguido pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PL) com 23%. O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) marca 9% em terceiro. Em quarto, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) com 5%. Na sequência, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) com 3%.

Os eleitores que votariam em branco, nulo e não votariam somam 8%. Os indecisos são 4% dos consultados. Na comparação com a pesquisa de dezembro, Lula e Bolsonaro oscilaram dois pontos para baixo, dentro da margem de erro, que é de dois pontos percentuais.

Foram entrevistadas 2 mil pessoas em 120 cidades do país entre os dias 6 e 9 de janeiro. O nível de confiança na consulta é de 95%.

Segundo turno
Nos cenários de segundo turno simulados pela Genial/Quaest, Lula aparece liderando em todos os cenários testados: Lula 54% x Bolsonaro 30%; Lula 50% x Moro 30%; e Lula 52% e Ciro 21%. Em uma eventual disputa entre Bolsonaro e Moro, o ex-juiz aparece com 36% das intenções de voto, Bolsonaro tem 30%, enquanto brancos ou nulos somam 30%.

Contra Ciro Gomes, Bolsonaro aparece 7 pontos atrás, com 39% do candidato do PDT e 32% do atual presidente. O cenário preocupante para o atual presidente fica pior quando o entrevistado é questionado se conhece o candidato e se poderia votar nele. Nesse caso, 66% dos entrevistados responderam que conhecem Bolsonaro e não votariam nele. Lula teve 43% de respostas semelhantes e ficou atrás de Doria (60%), Moro (59%) e Ciro Gomes (58%).

A percepção negativa do presidente cresceu até mesmo entre a sua base de apoiadores. Em julho, 28% dos seus eleitores viam um governo pior do que o esperado. Agora, são 36%. Já o percentual daqueles que acham o desempenho de Bolsonaro melhor do que o antecipado caiu de 35% para 29%.

Com informações de O Correio Digital e Metrópoles 
Data: 13/01/2022 08h42

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.