Reunião aconteceu nesta semana entre dirigentes do PL da Fronteira Oeste com Rossano (foto divulgação)

A coordenadoria regional do Partido Liberal na Fronteira Oeste está iniciando uma mobilização para ver o prefeito de São Gabriel, Rossano Gonçalves, como deputado federal eleito a partir de 2022.  O presidente do PL de Rosário do Sul, Luís André de Araújo Sasso, juntamente com o presidente do PL de São Gabriel, Cilon Lisoski, se reuniram com o Chefe do Executivo gabrielense para pedir, oficialmente, que concorra nas eleições legislativas federais do ano que vem.

Os dirigentes entendem que este é o momento ideal para iniciar as conversações com lideranças da Fronteira Oeste e de todo o Estado, aproveitando a ênfase da legenda com o ingresso do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, e também do Chefe da Casa Civil, Ônyx Lorenzoni, provável candidato ao governo do Estado.  

“Os prefeitos e líderes da fronteira sabem muito bem o que é ir a Brasília com pires na mão e esperar migalhas, sendo que a maior parte do orçamento federal vai para as bases dos deputados eleitos. Precisamos ter um nome experiente para representar a região, e ninguém é mais preparado para isso que o Rossano”, ressalta Luis Sasso, que enfatiza a experiência de cinco mandatos, a valorização da Educação e a gestão eficiente da Saúde, antes e durante a pandemia de Covid-19.  

“Rossano trouxe pra região uma escola cívico-militar muito antes do próprio Bolsonaro falar no assunto, com o Colégio Tiradentes”, enfatiza.  “É sem dúvida o gestor mais preparado para esse desafio de representar a Fronteira em Brasília”, assinala Cilon Lisoski. 

O prefeito prometeu anunciar sua decisão sobre o convite brevemente. Mas confirmou que existem conversações para concorrer à deputado federal, o que deve ser decidido até março. 

Reportagem: Divulgação
Data: 03/12/2021 22h48 
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.