Cantora, que estava no auge da carreira, morreu em acidente aéreo nesta tarde de sexta, em Minas Gerais (foto arquivo pessoal)

Bombeiros de Minas Gerais confirmaram a morte da cantora Marília Mendonça aos 26 anos na queda de um avião de pequeno porte numa cachoeira em Piedade de Caratinga, no interior de Minas. A informação de que a cantora de 26 anos estava no avião foi do Corpo de Bombeiros. A Polícia Civil informou que os cinco ocupantes da aeronave morreram - além de Marília, o piloto, o copiloto, o seu produtor Henrique Ribeiro e o seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho.

A assessoria da cantora informou inicialmente que todos teriam sido socorridos com ferimentos. Mas as contradições sobre as notícias começaram a surgir. As notícias foram ficando mais claras e infelizmente, sua morte e a dos ocupantes do avião foi confirmada. 

Marília surgiu como ícone do "feminejo", que é o sertanejo cantado somente por mulheres e abriu portas para uma geração que teve as "coleguinhas", Maiara e Maraísa, Simone e Simaria, Naiara Azevedo e outras, também sendo compositora de sucessos do gênero musical. Em carreira meteórica, ela consagrou a "sofrência", sendo considerada a rainha desta música que fala de infidelidade, fim de relacionamentos e a volta por cima. Entre seus sucessos, "Infiel", "Eu sei de cor", "Apaixonadinha", entre outros. 

Mesmo grávida, Marília não deixou de tocar e inclusive, fez um dos maiores shows na região na cidade de Santa Maria, em outubro de 2019, onde várias excursões da região vieram até o estacionamento do Shopping Praça Nova. Na pandemia, ela fez a live mais vista no mundo, em 8 de abril de 2020, com mais de 3,3 milhões de pessoas assistindo simultaneamente no YouTube, sendo a mais assistida na história.

Ela deixa um filho e milhões de fãs que ficam órfãos de mais um talento que morre tragicamente - lembra-se de vítimas de acidentes aéreos, como Richie Valens nos anos 50, Mamonas Assassinas, Gabriel Diniz, os atletas da Chapecoense e agora, a rainha da sofrência, que parte prematuramente. 

Reportagem: Marcelo Ribeiro 
Data: 05/11/2021 18h19
Contato da Redação: (55) 996045197 / 991914564 
E-mail: blogcadernosete@gmail.com 
jornalismo@caderno7.com

Post a Comment

Com jeito, tudo pode ser dito das mais variadas formas. Solicitamos: leia a matéria antes de comentar. Colabore conosco para a difusão de ideias e pontos de vista em nível civilizado.